segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Botafogo procura Gatito Fernández, e Sidão fica a detalhes do São Paulo


Clube carioca busca substituto e negocia com goleiro do Figueirense. Empresário de Sidão foi informado nesta segunda sobre o acordo entre Audax e Tricolor



Gatito Fernandez negocia com o Botafogo 
(Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)
Sidão está praticamente fechado com o São Paulo para 2017. Nesta segunda-feira, o empresário do jogador, Fabio Mello, foi informado sobre o acerto entre Audax e Tricolor. Ciente do acerto, o Botafogo já busca um substituto e negocia com o goleiro Gatito Fernandes, do Figueirense. O paraguaio, de 28 anos, fica sem contrato em dezembro.


Gatito chegou ao Brasil em 2014 para defender o Vitória. Desde o início do ano, ele está no Figueirense, onde se destacou no Campeonato Brasileiro. Segundo o empresário Régis Marques, o Flamengo também fez consulta pelo goleiro em caso de uma eventual saída de Paulo Victor.


Além da saída de Sidão, a pressa no Botafogo por um goleiro se dá por conta da nova cirurgia de Jefferson. Ele ficará no mínimo mais seis meses afastado do gramado.


Enquanto o Botafogo busca um substituto, o São Paulo já dá a contratação de Sidão como certa. Na próxima semana, o agente e o clube paulista deverão acertar os detalhes finais da transferência, provavelmente com um contrato de dois anos, tempo mínimo pensado pelo jogador.


Até lá, Sidão não falará sobre o assunto e seguirá concentrado no Brasileirão, por conta da busca do Botafogo por uma vaga no G-6. O goleiro atuou no empate por 1 a 1 contra a Ponte Preta, no último sábado, e também enfrentará o Grêmio.

Sidão está a detalhes do acerto com São Paulo (Foto: Marcelo Baltar)

Pelo acordo acertado entre São Paulo e Audax, o clube paulista pagará uma compensação financeira de aproximadamente R$ 300 mil e cederá mais três jogadores por empréstimo até o fim do Paulistão. Os nomes ainda serão definidos.


Indicado e aprovado por Rogério Ceni, Sidão está empolgado com a possibilidade de atuar no Tricolor. O novo técnico são-paulino aprova a habilidade do atleta de 33 anos com os pés. Se for aprovado nos exames médicos, ele se juntará a Denis e Renan Ribeiro, que sofreu uma lesão no dedo contra o Atlético-MG. Léo, com contrato até dezembro, tem permanência incerta.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar, Marcelo Hazan e Thiago Lima/Rio de Janeiro e São Paulo