terça-feira, 29 de agosto de 2017

Botafogo bate o Grêmio e pressiona os líderes






Créditos: Twitter oficial do Botafogo


O Botafogo entrou firme na luta pelas primeiras posições do Grupo E do Brasileiro Sub-20. Nesta terça-feira (29), o Alvinegro carioca superou o Grêmio por 3 a 1 no Rio de Janeiro e alcançou a mesma pontuação dos líderes Coritiba e Atlético/PR. Com quatro pontos, a dupla paranaense se enfrenta na quarta-feira (30), também pela 3ª rodada da Segunda Fase. Com apenas um ponto, o Tricolor gaúcho segue na lanterna.

Com um gol relâmpago, o Botafogo largou na frente do Grêmio no Nilton Santos. Com apenas dois minutos de jogo, Lucas Campos acertou chute rasteiro de fora da área e abriu o placar. Aos 31 minutos, o Alvinegro carioca ampliou ao pressionar a saída de bola do time gaúcho. Jordan aproveitou a desatenção da zaga e fez 2 a 0.

Na etapa final, aos 14 minutos, Alison completou cruzamento de Lucas e fez o terceiro dos donos da casa. O Grêmio ainda descontou com um golaço de Isaque aos 32 minutos, mas não conseguiu evitar a derrota por 3 a 1.

A rodada continua com mais dois confrontos na quarta-feira (30). Confira a tabela completa aqui!


Fonte: CBF

Artilheiro na Libertadores e garçom fora: Pimpão vira líder de assistências no Bota


Após servir Roger e Bruno Silva nos gols da vitória sobre o Bahia, atacante chega a oito assistências na temporada: "É uma característica que acostumei a ter". Veja o ranking








Tão boa quanto à temporada do Botafogo é a fase de Pimpão em 2017. Na Libertadores, o atacante se tornou o maior artilheiro do clube na competição com cinco gols, empatado com as marcas de Jairzinho Furacão e Dirceu nos anos 70. E fora do torneio vem se especializando em ser garçom dos companheiros: foram dele os passes para os gols da vitória por 2 a 1 sobre o Bahia na Fonte Nova.


Com as duas assistência no domingo, Pimpão chegou a oito na temporada e assumiu a liderança do ranking que pertencia a João Paulo. O atacante, que foi o garçom do único gol de Montillo com a camisa do Botafogo, também já serviu Bruno Silva três vezes, Roger duas, além de Marcos Vinícius e o ex-alvinegro Sassá (veja os lances no vídeo acima).


Pimpão é ainda o segundo goleador do Botafogo em 2017 com nove bolas na rede, só atrás das 14 de Roger. Sem deixar o faro de gol – está na briga pela artilharia da Libertadores, empatado com Barrios (Grêmio) e atrás dos já eliminados Fred (Atlético-MG), com seis, e Chumacero (The Strongest-BOL), com oito –, ele valorizou também o seu lado garçom.


– Sempre entro em campo com o espírito de ajudar o Botafogo, seja com gols, passes ou na marcação. Então, claro que fico muito feliz em poder servir meus companheiros com assistências. É uma característica que acostumei a ter em minha carreira. É muito gratificante ajudar o grupo, independentemente da forma que isso aconteça.


Para quem há pouco mais de um ano nunca havia disputado um jogo da Primeira Divisão do Brasil, Pimpão apagou o rótulo de "jogador de Série B" que o perseguia, vem se tornando fundamental para o Botafogo de Jair Ventura e entrando para a história do clube: com 94 jogos – e 21 gols –, ele está perto de atingir a marca de 100 partidas com a camisa alvinegra.


Fonte: GE/Por Felippe Costa, Marcelo Baltar e Thiago Lima, Rio de Janeiro