quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Recuperado, Diogo Barbosa volta ao time titular do Botafogo


Em treino fechado, Jair Ventura utilizou o lateral, que sofrera entorse, na ponta esquerda


Diogo deverá fazer a última partida pela equipe de General Severiano (Foto: Vitor Silva/SSPRESS/Botafogo)

O cenário não era animador, visto que Diogo Barbosa não havia treinado no gramado na segunda, na terça, nem na quarta-feira. Mas nesta quinta, em General Severiano, o lateral-esquerdo não só calçou as chuteiras como atuou no time titular no treino fechado.

Ele entrou na vaga de Pachu, que ganhou espaço nos últimos dias. Diogo estava com uma entorse no tornozelo direito, sofrida após uma entrada violenta de um atleta da Portuguesa, no jogo-treino do último sábado.

Mas se o lateral/ponta saiu da academia direto para o time titular, o zagueiro Emerson segue entre os reservas. Ele tem um incômodo no mesmo tornozelo e trabalha, mas o xará mais experiente é quem ocupa a vaga dele na equipe que deve começar jogando contra o Grêmio, no domingo.

Deste modo, o Glorioso deve ir a campo com Sidão, Alemão, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Bruno Silva e Airton; Rodrigo Pimpão, Camilo e Diogo Barbosa; Sassá.


Fonte: Lancenet/Felippe Rocha/Rio de Janeiro (RJ)

Fora contra o Grêmio, Dudu pede foco no jogo "que pode mudar a carreira"


Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, volante não acredita em "ressaca do título" por parte da equipe do treinador Renato Gaúcho: "Eles vão querer mostrar trabalho"




Mesmo sem jogar contra o Grêmio neste domingo, já que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Dudu Cearense sabe a importância do jogo. Caso o Botafogo vença o mais novo campeão da Copa do Brasil, a vaga na pré-Libertadores está garantida. Para o volante, que chegou ao Alvinegro no início do ano, a partida contra o Tricolor tem a possibilidade de mudar a carreira de todos do elenco.


- Eu queria muito estar nesse jogo, mas infelizmente tomei o cartão. Vou ficar em casa torcendo muito. Nós queremos a classificação para a Libertadores. Sabemos que esse jogo pode mudar a nossa carreira. Importante é irmos focados para o jogo.

Dudu Cearense quer vaga para a primeira Libertadores da carreira (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Como Jair Ventura fechou o treino para a imprensa neste sábado, ainda não se sabe quem vai entrar no lugar do volante. Caso siga o que vem fazendo ao longo de todo o Brasileiro, o treinador deve escalar Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Camilo no meio. Na opinião de Dudu, não importa a formação que o Botafogo entrará em campo, desde que conquistem a vaga na Libertadores.


Segundo o volante, por mais que o Grêmio tenha sido campeão da Copa do Brasil e garantido a vaga na Libertadores, quem entrar em campo vai querer mostrar serviço a Renato Gaúcho. Para Dudu, é necessário que os jogadores tenham noção que o outro time não pode não estar com a “ressaca do título”.


- Não sabemos o que pode vir do outro lado. Se o time reserva jogar, eles vão querer mostrar trabalho para o Renato. É um jogo difícil. Não dá para prever. É importante todos terem a ciência de que é um jogo importantíssimo. Eu mesmo nunca disputei uma Libertadores. O importante é entrar focado.


Confira outros temas abordados na entrevista coletiva de Dudu Cearense:


Surpresas para o jogo

Treino é jogo e jogo é guerra. Não é questão de esconder. Claro que é uma situação mais privada. Esse jogo tem uma importância enorme para a gente. Estarei longe, mas vou mandar uma energia muito grande.


Montagem do elenco para 2017

O que nós queremos é ir para a Libertadores. O investimento é outro. Com a Libertadores os jogadores vão querer vir e ficar no Botafogo. Isso vai ser importante para nós, mas também para o clube.


Mensagem de fim de ano

Queria agradecer ao Botafogo, ao Ricardo Gomes, que me trouxe e a todos que me trataram muito bem. Sou totalmente grato ao Botafogo. Pelo ambiente que foi criado, sinto que aqui é minha família. Sou grato a todos, de uma forma em geral.


Férias antecipadas

Falei com o Jair que quero trabalhar até o final, mas se fosse para me liberar antes, tudo bem. Eu dependo do meu corpo para trabalhar. Até quando estou de férias não estou de férias totalmente porque tem que voltar bem para a pré-temporada.



Fonte: GE/Por Davi Barros*Rio de Janeiro*Estagiário, sob supervisão de Igor Rodrigues

Botafogo apresenta proposta e aguarda o “sim” de Walter Montillo


Com oferta em mãos, argentino vai responder nos próximos dias se aceita voltar ao futebol brasileiro. Clube carioca oferece contrato de dois anos

Montillo vai responder o Botafogo nos
próximos dias (Foto: Fabio Lima)
No Botafogo o cenário é de expectativa. O clube negocia em várias frentes para se reforçar para 2017, mas o grande desejo é Walter Montillo. Em reunião na semana passada, no Rio de Janeiro, o Alvinegro apresentou proposta ao empresário Sérgio Irigotia e aguarda o “sim” do meia para transformar o namoro em casamento, com contrato de dois anos.

O Botafogo está otimista, mas prega cautela. Apesar de estar há três temporadas no futebol chinês, Montillo ainda é um nome muito valorizado, desperta interesse de outros clubes e já recebeu sondagens de times brasileiros. Do Chile também surgiram ofertas, mas os valores oferecidos pelo Alvinegro são superiores.

Há outros interessados, mas o clube carioca é quem está em estágio mais avançado. A resposta pode sair a qualquer momento, mas é provável que a negociação só tenha um desfecho a partir da próxima semana, com o fim do Campeonato Brasileiro e a definição sobre a vaga na Libertadores.

Montillo, de 32 anos, tem o perfil que o Botafogo busca. Talentoso, experiente e cascudo, o meia é visto como o nome ideal para ajudar Camilo na armação, especialmente se o clube confirmar a classificação para Libertadores. Em 2016, Montillo disputou 24 jogos e marcou 9 gols pelo Shandong.

Não é a primeira vez que o Botafogo procura Montillo. No ano passado, o clube sondou a situação do meia. Após três anos na China, Montillo está de saída do Shandong Luneng. Seu contrato terminou em novembro, e ele tem a intenção era retornar ao futebol sul-americano. De férias na Argentina, o jogador aguarda uma definição sobre seu futuro.


Enquanto aguarda por Montillo, o Botafogo já fechou com o atacante Roger e com o goleiro Gatito Fernández, além de ter praticamente definida a contratação do meia João Paulo, do Santa Cruz.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro