quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

A espera acabou! Com dupla Monti & Camilo, Botafogo inicia 5ª Libertadores


Clube estreia contra o Colo-Colo em noite de casa cheia e aguardada ansiosamente por alvinegros. Torcida promete grande festa com direito a mosaico no Nilton Santos




"Chega 2018, mas não chega a Libertadores". O mantra da torcida do Botafogo nos últimos 52 dias, desde a confirmação da vaga com o quinto lugar no Campeonato Brasileiro, expõe bem a ansiedade dos alvinegros em relação ao jogo desta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o Colo-Colo, do Chile. Há motivo para tanto? Se você é botafoguense, sobram atrativos: promessa de casa cheia em um novo Nilton Santos totalmente customizado; volta ao torneio após três anos; e expectativa por, enfim, ver em campo suas maiorias estrelas juntas: Montillo e Camilo.

A dupla carrega a responsabilidade de comandar o Botafogo na temporada. Chegou a hora de ver o melhor jogador alvinegro da temporada passada ao lado da maior contratação para 2017. Em três jogos no ano, Montillo e Camilo não atuaram sequer um minuto juntos. Aperitivos foram vistos, por ora, somente nos treinos. Em meio ao entra e sai de jogadores e suspense do técnico Jair Ventura em relação à equipe, os dois estão confirmados no duelo desta noite. 

Camilo e Montillo, a dupla em que o Botafogo aposta alto para ir longe em 2017 (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Mas se a dupla tem presença confirmada na "festa" ou na "guerra", como disse Jair, os últimos dias foram agitados em relação ao resto do elenco. Surpreendentemente, Sassá e Renan Fonseca sequer foram inscritos. Carli (machucado), Lindoso, Dudu Cearense e Leandrinho não foram relacionados. A única dúvida está entre Pimpão e João Paulo, provável estreante da noite.

Obviamente o jogo é a grande atração, mas todo o ambiente que cerca a partida gera muita expectativa. Afinal, a promessa é de um estádio todo customizado com público de mais de 40 mil torcedores. Além disso, um mosaico 3D, com a imagem do ídolo Nilton Santos, promete colorir o Setor Leste. Haverá ainda outras atrações para quem chegar cedo ao estádio, como por exemplo brindes surpresas debaixo das cadeiras, apresentações e uma "superfoto" em 360°.


Programação:
17h45 - Abertura do estacionamento Norte para sócios (R$ 30) e torcedores (R$40)
18h45 - Abertura dos portões e exibição do filme oficial do título brasileiro de 1995.
20h00 - Inauguração da Loja Oficial do Botafogo no Setor Zero
20h15 - Apresentação da Banda Marcial dos Fuzileiros Navais
20h30 - Homenagem aos jornalistas botafoguenses mortos em acidente nas cabines de TV
20h45 - "Superfoto" (câmera de dentro do campo fotografando o estádio em 360°)
21h45 - Início da partida
22h30 - Apresentação das "cheerleaders" do Botafogo, as "Gloriosas", no intervalo.

CAMINHO COMPLICADO
Todo customizado, Estádio Nilton Santos tem promessa de casa cheia logo mais (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

O caminho do Botafogo não é fácil. Na próxima quarta-feira, em Santiago, o clube decide a vaga contra o Colo-Colo. Se avançar, enfrenta o vencedor do confronto entre Olímpia (PAR) e Independiente Del Valle (EQU). Passando mais uma vez, aí sim o Alvinegro estará na fase de grupos, na Chave 1, ao lado de Atlético Nacional (atual campeão), Estudiantes (ARG) e Barcelona de Guayaquil (EQU).

Essa é a quinta participação do Botafogo na Libertadores. As melhores campanhas foram em 1963 e 1973, quando alcançou as semifinais. Em 1996, o Alvinegro chegou às oitavas de finais. Na última participação, em 2014, caiu pela primeira vez na fase de grupos, após passar pelo Deportivo Quito, do Equador, na Pré-Libertadores. No retrospecto geral contra o Colo-Colo, o clube leva vantagem: em 10 jogos, são quatro vitórias brasileiras, três derrotas e três empates.





BOTAFOGO X COLO-COLO

Local e horário: quarta-feira, às 21h45, no Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro)
Time provável: Gatito Fernández, Jonas, Marcelo, Emerson Silva, Victor Luís; Airton, Bruno Silva, Camilo, Montillo; Rodrigo Pimpão (João Paulo) e Roger
Desfalques: Carli, Luis Ricardo e Jefferson (departamento médico)
Transmissão: TV Globo para RJ, RS, MG, ES, TO, SE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior, Juninho Pernambucano e Paulo César Oliveira)
Arbitragem: o trio de arbitragem é venezuelano. Juan Soto apita o jogo, auxiliado por Elbis Gomez e Alexis Herrera.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro

Sassá recebe proposta do futebol chinês e pode deixar o Botafogo



Sassá, jogando pelo Botafogo, enfrenta o Nova Iguaçu
 pelo Estadual Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo
/Augusto Decker
Sassá, atacante que foi artilheiro do Botafogo no último Brasileiro, sequer foi inscrito para a primeira fase da Libertadores. Com proposta do futebol chinês, o jogador pode estar com os dias contados no clube.

O Jogo Extra apurou com uma pessoa próxima ao jogador que o motivo seria exatamente o mercado do país asiático. Como o contrato do atleta vai até o fim do ano, a partir do segundo semestre ele poderá assinar um pré-contrato com outro clube sem benefício algum ao Botafogo. O Alvinegro tentou, ainda no ano passado, estender o vínculo, mas os representantes do atleta consideraram a proposta muito baixa. A janela de transferência da China fecha no dia 28 de fevereiro.

O vice-presidente de futebol do clube, Antonio Carlos Azeredo, confirmou que o Botafogo foi abordado com uma proposta pelo atleta, mas não não entrou em detalhes.

— Um empresário veio até o clube e perguntou se nós tínhamos interesse em ouvir uma proposta. Dissemos que sim. Agora, ele irá negociar com o atleta e voltará para a gente quando acertar as coisas. Por enquanto, ainda não há nada certo entre as partes — disse o dirigente, que não sabe se a proposta é do futebol chinês ou de outro país.

Fonte: Extra