sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Botafogo negocia ida de Sassá para a China e aguarda oficialização de oferta


Empresário uruguaio Juan Figer é quem está intermediando as conversas. Clube pede cerca de R$ 11,8 milhões. Atacante não deve jogar até situação ser definida



O Botafogo vive a expectativa de negociar Sassá em breve. O clube aguarda a oficialização de uma proposta do futebol chinês. Uma equipe da Segunda Divisão do país está interessada no atacante. O nome do clube não foi revelado. Por enquanto, no entanto, não chegou uma oferta concreta, e o jogador segue treinando com o elenco. Mas não vai deve jogar enquanto a situação não for definida.

A negociação está sendo intermediada pelo empresário Juan Figer. O agente uruguaio procurou o Botafogo há cerca de uma semana e ouviu que o clube estava disposto a liberá-lo. O Alvinegro não fala em valores, mas o GloboEsporte.com apurou que o clube pede cerca de € 3,5 mi de Euros (aproximadamente R$ 11,8 mi). Figer, que não trabalha com Sassá, prometeu apresentar os números para os representantes do jogador e retornar com uma oferta concreta ao clube carioca.

Sassá no treino desta sexta; atacante não deve jogar até situação ser definida (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Fora da relação de inscritos na Libertadores, Sassá também não deve participar dos próximos jogos do Carioca. Ele não foi relacionado para o jogo contra o Macaé, neste sábado. São dois os motivos: além do comportamento do jogador, que vem cometendo excessos extracampo na visão do clube, o Botafogo também quer preservar Sassá para evitar qualquer tipo de lesão que possa atrapalhar o andamento das negociações.

>>> Que fim levará Sassá? Com atacante sem clima, Botafogo se abre a ofertas

>>> Sassaricando: ostentação e surto em vestiário minam atacante do Botafogo
>>> Discreto, cobrado, mas ainda com faro de gol: o blindado Sassá "versão 2017"
>>>Comportamento extracampo pesa, e Botafogo tira Sassá de lista da Libertadores



No ano passado, por exemplo, Ribamar quase teve a venda para o Munique 1860 cancelada por conta de lesão muscular contra o Atlético-MG, nas vésperas da viagem para a Alemanha.


Sassá ficou sabendo pela imprensa que estava fora da Pré-Libertadores. A lista foi fechada na noite de segunda, e o jogador seria avisado pessoalmente na terça. Ao se apresentar, o atacante foi cobrar explicações do gerente de futebol, Antônio Lopes, que respondeu que ele seria vendido. No ano passado, o Botafogo recusou oferta de R$ 2,5 milhões do Cruzeiro por considerar os valores baixos.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Rodrigo Cerqueira/Rio de Janeiro

Com calma, Botafogo avalia o mercado e ainda busca um zagueiro


Clube se interessa por Rodrigo Moledo, mas Panathinaikos pede alto e esfria o negócio. Com impasse de Emerson, ideia é trazer mais um jogador para a posição



Botafogo fez consulta por Moledo, mas gregos
pediram alto pelo zagueiro (Foto: Divulgação)
A elogiada atuação de Marcelo não deve impedir o Botafogo de ir ao mercado. Com problemas com jogadores de defesa, o clube ainda busca um zagueiro para fechar o elenco. Nos últimos dias, o Alvinegro consultou a situação de Rodrigo Moledo, ex-Inter.

Moledo, de 29 anos, está no Panathinaikos. O problema é que o clube grego não aceita emprestá-lo e pediu 1,5 milhão de Euros (cerca de R$ 5 mi). Os valores esfriaram qualquer tentativa de negociação, mas o Botafogo segue atento ao mercado. O Inter também demonstrou interesse no jogador.

A busca por um jogador para a posição não foi prioridade durantes as férias do elenco, mas se intensificou por conta de problemas na pré-temporada. Uma sucessão de fatos levou o Botafogo a procurar um novo defensor. Primeiro, Emerson Santos foi encostado por conta do impasse na renovação de contrato. Em seguida, Carli se machucou na pré-temporada e ainda não jogou nesse ano. Por fim, questionado pela torcida, Renan Fonseca, que vinha atuando como titular, foi cortado da lista de inscritos da Libertadores e pode ser emprestado, em caso de proposta.

O Botafogo, nesse caso, não trabalha com o imediatismo e aguarda uma boa oportunidade de mercado. Até porque o prazo para inscrever jogadores na Pré-Libertadores se encerrou na última segunda-feira, e outros atletas só poderão entrar em uma nova lista a partir de março, caso o Alvinegro avance à fase de grupos. As boas atuações de Marcelo também dão mais tranquilidade para o departamento de futebol trabalhar.

Nas últimas semanas, o Botafogo tentou o empréstimo de Paulão, do Inter. A questão salarial, no entanto, esfriou a negociação. O argentino Estebán Burgos, do Rosário Central, também foi oferecido para a defesa, mas o negócio não foi adiante. 


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro

Com proteção, Airton treina e aumenta as chances de jogar na próxima quarta


Após susto com o estiramento no cotovelo esquerdo, volante aparece na atividade e trabalha normalmente com o restante do elenco na manhã desta sexta-feira, no Rio



A torcida do Botafogo pode aumentar suas esperanças de ver Airton em campo na próxima quarta-feira, na partida de volta, contra o Colo-Colo, no Chile, pela segunda fase da Libertadores da América. Com uma proteção no cotovelo esquerdo, o volante participou normalmente do treino na manhã desta sexta, no campo anexo do Estádio Nilton, e mostrou que tem grandes chances de ficar à disposição do técnico Jair Ventura para o confronto decisivo.

Airton aparece com proteção e treina normalmente no Nilton Santos (Foto: Twitter oficial do Botafogo)

Airton sofreu um estiramento no ligamento ulnar do cotovelo esquerdo, com lesão dos flexores dos ligamento, depois de uma dividida pelo alto com um jogador do Colo-Colo, perto do fim do primeiro tempo do confronto da última quarta-feira. Ele caiu sobre o braço e teve de ser substituído. Como o exame de ressonância magnética não apontou nenhum tipo de fratura, a possibilidade de ser aproveitado é muito maior.


No treino desta sexta-feira, Jair Ventura começou o trabalho com uma atividade com bola, principalmente para os titulares e logo depois fechou o treinamento para a imprensa. É bem possível que o treinador coloque um time misto para enfrentar o Macaé, às 19h30, deste sábado, no Estádio Nilton Santos. João Paulo, que passou praticamente toda a pré-temporada no Espírito Santos se recuperando de dores musculares, precisa de ritmo de jogo e deve começar a partida.


Fonte: GE/Por Felippe Costa/Rio de Janeiro