sexta-feira, 28 de julho de 2017

Com edema muscular, Jefferson não enfrenta o São Paulo, e Gatito volta


Goleiro sente a coxa esquerda e será poupado. Gatito Fernández tem retorna ao posto de titular do Alvinegro




Jefferson está fora da partida contra o São Paulo, neste sábado, no Estádio Nilton Santos. O goleiro tem um edema na coxa esquerda e será vetado. No entanto, o clube informou que não se trata de um problema grave. Liberado pelo departamento médico, Gatito Fernández volta a ser titular do Botafogo após 20 dias de ausência.



Gatito Fernandez treina sem limitações e volta ao Botafogo no lugar de Jefferson (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)


Após mais de um ano em recuperação de duas cirurgias no cotovelo, Jefferson retornou ao Botafogo em 9 de julho, contra o Atlético-MG, pelo Brasileiro, depois que Gatito entrou no departamento médico por causa de um corte na perna durante a vitória sobre o Nacional do Uruguai, pela Libertadores.


Jefferson disputou seis partidas consecutivas com o Botafogo invicto - três vitórias e três empates - até sofrer o problema muscular. Ao mesmo tempo, Gatito se recuperou da contusão e voltou a ficar em condição de ser utilizado pelo técnico Jair Ventura.


Por conta da fadiga muscular, Jerfferson não foi a campo para treinar nesta sexta-feira. O goleiro permaneceu em tratamento no departamento médico, enquanto Gatito treinou sem limitações.


Escalação provável do Botafogo contra o São Paulo: Gatito, Emerson Santos, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, João Paulo e Marcos Vinicius; Rodrigo Pimpão e Roger.


Fonte: GE/Por Felippe Costa, Rio de Janeiro

Botafogo resolve impasse de visto, e Valencia fica perto de ser regularizado


Polícia Federal do Brasil recebe documento do Chile, jogador consegue visto de trabalho e depende apenas de regularização na CBF para ficar à disposição de Jair





O Botafogo acredita ter superado o último obstáculo que impedia a regularização de Leo Valencia. No final da tarde desta sexta-feira, o jogador enfim conseguiu seu visto de trabalho e depende apenas da regularização na CBF para estrear.


A Polícia Federal do Brasil recebeu mais cedo do Ministério das Relações Exteriores do Chile o documento que confirma que o jogador já cumpriu sua pena. Com o documento em mãos, o departamento jurídico do clube agiu rápido e conseguiu o visto para Valencia.



Leo Valencia treina no Botafogo à espera do visto de trabalho (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)


O clube está confiante de que a partir de agora restam poucos detalhes para que Valencia seja incluído no Boletim Informativo Diário da CBF e possa ser relacionado para os jogos. A tendência é de que ele fique à disposição de Jair Ventura a partir do duelo contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira.


Por conta de um processo por agressão à ex-mulher, Leo Valencia foi condenado a cumprir pena alternativa no Chile. Por isso ele está tendo dificuldades para conseguir o visto de trabalho no Brasil no MInistério do Trabalho.


Semana passada, o botafoguense Rodrigo Maia, que é presidente da Câmara dos Deputados e primeiro na linha sucessória da Presidência da República, entrou no circuito e ligou, segundo o jornal O Globo, para o secretário-executivo do Ministério da Justiça, José Levi.


O pedido de Maia foi para que o amigo ajudasse a agilizar o processo do jogador botafoguense, que desembarcou no Rio de Janeiro no útlimo dia 9, desde então, aguarda pela sua regularização.


Fonte: GE/Por Felippe Costa e Marcelo Baltar, Rio de Janeiro

O preço do sucesso: com maratona à frente, Bota terá de poupar no Brasileiro


Time terá nove jogos até o fim de agosto, e clube planeja priorizar fases decisivas da Libertadores e da Copa do Brasil em determinados momentos.






Botafogo terá nove jogos até o fim de agosto (Foto: André Durão)

Vitória maiúscula, classificação... O momento é excelente, mas o Botafogo não tem tempo para comemorar. E muito menos para descansar. Avançar nas principais competições é o objetivo, mas tem seu preço. Até o final de agosto, serão nove jogos. Alguns deles decisivos.


Maratonas ao longo da temporada não são novidades para o Botafogo. No entanto, a medida que as competições vão se afunilando, a importância das partidas aumenta. E com isso quem deve pagar o preço é o Campeonato Brasileiro. Em agosto, a tendência é que Jair Ventura volte a poupar jogadores em alguns jogos.


- Não podemos correr riscos. Não posso ir contra a fisiologia. Teremos que poupar. É uma pena. Teremos que abrir mão dos titulares em alguns jogos do Brasileiro, que é um campeonato que queremos ir bem. Mas ninguém consegue jogar na mesma intensidade segunda, quarta e domingo. Infelizmente, teremos que poupar em algum momento - lamentou Jair Ventura.


A MARATONA ALVINEGRA

29/07 - Botafogo x São Paulo (Nilton Santos) - Brasileirão
02/08 - Botafogo x Palmeiras (Nilton Santos) - Brasileirão
06/08 - Cruzeiro x Botafogo (Mineirão) - Brasileirão
10/08 - Botafogo x Nacional (Nilton Santos) - Libertadores
13/08 - Botafogo x Grêmio (Nilton Santos) - Brasileirão
16/08 - Botafogo x Flamengo (Rio de Janeiro) - Copa do Brasil *
20/08 - Ponte Preta x Botafogo (Moisés Lucarelli) - Brasileirão
23/08 - Flamengo x Botafogo (Rio de Janeiro) - Copa do Brasil *
27/08 - Bahia x Botafogo (Arena Fonte Nova) - Brasileirão

Fonte: * Os mandos da Copa do Brasil serão definidos em sorteio na segunda


De fato, o mês de agosto será intenso. Além do Brasileirão, o Botafogo terá jogos decisivos na Libertadores e na Copa do Brasil por três semanas seguidas: Nacional-URU, no dia 10, e os duelos contra o Flamengo, nos dias 16 e 23.


A boa notícia é que seis dos nove jogos até o fim de agosto serão no Rio de Janeiro. Portanto, o clube terá apenas três viagens neste período: Cruzeiro (Belo Horizonte), Ponte Preta (Campinas) e Bahia (Salvador).


Fonte: GE/Por Felippe Costa e Marcelo Baltar, Rio de Janeiro