sábado, 10 de dezembro de 2016

Ressaca e reservas do Grêmio não iludem e deixam o Botafogo em alerta


Jair Ventura fala sobre armadilhas e perigos de jogar em Porto Alegre. Campeão da Copa do Brasil deve poupar titulares no duelo decisivo para o Alvinegro, no domingo



A ressaca pelo título da Copa do Brasil e os prováveis desfalques do Grêmio não iludem o Botafogo. O time carioca não espera ter vida fácil no domingo, em Porto Alegre. Para o técnico Jair Ventura, a equipe gaúcha vai querer coroar a conquista com vitória em casa, e quem jogar vai mostrar serviço.

- Vai ser um jogo muito difícil de qualquer maneira. Jogar lá sempre é difícil. Claro que se perde com alguns desfalques, mas o Grêmio ganha em motivação. A gente não sabe como vem o Grêmio, mas sabemos que eles têm um elenco forte. Jogando em casa, após um título, ele vão dar o máximo para vencer. Será um grande jogo. Temos nossos objetivos e sabemos da nossa responsabilidade – alertou Jair.


Leia mais: saiba quais as possibilidades de o Botafogo ir para a Libertadores

Até mesmo a possibilidade de Renato Gaúcho não estar no banco adversário não anima Jair Ventura. Caso isso aconteça, o Grêmio será comandado pelo auxiliar Jayme Freitas.

- Eu já fui interino. É a chance da vida. Aí que você vai mostrar qualidade. Será uma oportunidade de ouro para o interino, caso o Renato não vá para o jogo. Assim como os atletas. Vão entrar para vencer. 

Jair Ventura alertou o elenco para os perigos do jogo em Porto Alegre (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Botafogo terá time quase completo


Se por um lado o Grêmio deve ter o time todo reserva no domingo, por outro Jair Ventura comemora o fato de ter quase todo elenco à disposição. Além de contar com Alemão, recuperado de lesão no tornozelo, o Botafogo terá as voltas de Carli, Emerson Silva, Fernandes e Leandrinho. Os cinco foram desfalque contra a Ponte Preta. Apenas Dudu Cearense e Neilton, suspensos, estão fora.

- O sonho de todo treinador é ter todos os jogadores titulares. É muito importante ter a volta dos jogadores. Só não teremos o Neilton e o Dudu, mas vamos bem mais fortes do que nos últimos jogos, quando tivemos muitos desfalques.


Se para o Grêmio o jogo de domingo será de festa, para o Botafogo vale uma temporada. O clube carioca espera confirmar a classificação para Libertadores. Apenas uma vitória garante o Alvinegro. No entanto, dependendo de outras combinações, o Glorioso pode chegar à vaga até mesmo com uma derrota.

 

Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro

Reunião com Palmeiras na terça deve definir permanência de Victor no Bota


Empresário vai se reunir com diretoria do Verdão na próxima semana para definir futuro do lateral. Renovação de Zé Roberto aumenta chances do Alvinegro



Com o fim do Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, o Botafogo espera avançar em algumas questões envolvendo seu elenco. Uma das prioridades é a manutenção de Victor Luís. Com Diogo Barbosa a caminho do Cruzeiro, Victor passaria a ser o único lateral-esquerdo do elenco. No entanto, com contrato até dezembro, a permanência passa pelo Palmeiras.

Reunião na próxima terça-feira, em São Paulo, deve definir o destino de Victor Luís. Participarão do encontro Alexandre Mattos (diretor do Palmeiras), o empresário Giuliano Bertolucci e o pai do jogador. A princípio, o Botafogo não mandará representante. 

Victor Luis espera definir sua situação na próxima semana (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

No encontro, Bertolucci vai expor o desejo de Victor de seguir no Botafogo. Ele planeja ficar porque acredita que terá mais oportunidades no Rio de Janeiro. Em setembro, o Palmeiras solicitou o retorno do lateral, imaginando a aposentadoria de Zé Roberto. Como Zé renovou por mais um ano, a tendência é que o clube paulista não dificulte a negociação. Victor tem contrato com Palmeiras até julho de 2017.


BMG PEDE ALTO, E DIOGO VAI PARA O CRUZEIRO


Mesmo com a possível permanência de Victor Luís, o Botafogo pretende ir ao mercado por mais um lateral-esquerdo. Diogo Barbosa está de saída e deve ser anunciado pelo Cruzeiro na próxima semana.

O Botafogo tentou comprar parte dos direitos federativos do lateral, mas recuou diante da pedida do BMG. O banco queria 1,5 milhão de Euros (cerca de R$ 5 milhões) por 50% do jogador. O Alvinegro não topou, e Diogo jogará em Minas Gerais em 2017


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro