segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Alemão vai a campo e deve voltar contra o Grêmio; Diogo preocupa


Fora há duas semanas, lateral participa de treino físico e tem boas chances de jogar em Porto Alegre. Com torção no tornozelo, Diogo é dúvida



Alemão em treino do Botafogo nesta segunda-feira (Foto: Marcelo Baltar)
A semana começou com dúvidas no Botafogo. Na reapresentação em General Severiano, a boa notícia ficou por conta de Alemão. O lateral foi a campo e tem boas chances de enfrentar o Grêmio, no domingo. Por outro lado Diogo Barbosa ficou na academia e preocupa.

Diogo torceu o tornozelo direito no jogo-treino contra a Portuguesa, no sábado. O lateral ainda sente dores na região e realizou fisioterapia nesta segunda. O clube vai avaliar a evolução ao longo da semana, mas, desde já, Diogo preocupa.

Fora do time desde a partida contra o Palmeiras, há duas semanas, Alemão tem boas chances de voltar do domingo. Recuperado de torção no tornozelo direito, por conta de uma entrada de Zé Roberto, o lateral correu em campo, apresentou evolução e deve reforçar a equipe de Jair Ventura em Porto Alegre.

O provável Botafogo para domingo é Sidão, Alemão (Marcinho), Carli, Emerson, Victor Luís; Airton, Lindoso, Bruno Silva (Diogo), Camilo; Pimpão e Sassá. Suspenso, Neilton foi liberado na semana passada para viajar nas férias.

No treino desta segunda, debaixo de chuva fina, os jogadores realizaram apenas treino físico. Jair Ventura observou a atividade. O Botafogo volta a treinar na manhã desta terça-feira, em General Severiano.

Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro

Botafogo caminha para equilibrar jovens e veteranos no time de 2017


Jogadores já foram contratados, outros podem chegar e outros tantos podem sair. Em meio a tudo isso, jogadores revelados na base do Glorioso vêm ganhando espaço no elenco



Roger viveu grande temporada e chegará como esperança de gols no time de General (Foto: Ale Vianna/Eleven)

Ainda falta um jogo para 2016 acabar de vez para o Botafogo, mas o planejamento para a próxima temporada já está a todo vapor. Alguns jogadores já estão contratados, outros estão sendo negociados, há atletas que podem sair do clube, há os certamente deixarão General Severiano. E já há os mais jovens, que tiveram a incorporação ao time profissional antecipada em alguns meses e já treinam com os profissionais. A ideia do técnico Jair Ventura é, em 2017, ter um time com média de idade equilibrada.

- Acho ideal mesclarmos. Não podemos ter só jogadores com idade avançada porque perdemos força. Modéstia à parte, conheço muito a base, temos que usar esses meninos. Eu vejo que mesclar é sempre a melhor receita - explica o treinador, que vem fazendo da presença de revelações da base alvinegra quase 50% da lista de relacionados nos últimos jogos.

Já estão de contrato assinado para defenderem o Glorioso no ano que vem o goleiro Gatito Fernández e o centroavante Roger, que disputaram a temporada atual por Figueirense e Ponte Preta, respectivamente. A contratação deles significa que, para o gol, Sidão deve mesmo ir para o São Paulo, e, no comando de ataque, o time alvinegro tenta resolver um problema crônico desde janeiro.

Muitas mudanças ainda estão para acontecer. E, na próxima Taça Libertadores ou não, o Botafogo tenta ser mais forte do que a arrancada neste Campeonato Brasileiro mostrou que o time é.

PROBLEMA LOGO ALI
A lateral esquerda pode se tornar uma posição dramática para o Botafogo no próximo ano. Isso porque os dois jogadores que vêm sendo utilizados têm absoluta confiança da comissão técnica, mas não têm permanência garantida. Pelo contrário: Diogo Barbosa está emprestado e deve ser vendido ao Cruzeiro; Victor Luís pertence ao Palmeiras e espera o clube decidir se pretende utilizá-lo ou negociá-lo para o próximo ano. O Glorioso aguarda, pois pode ser obrigado a ir ao mercado, mesmo desejando a permanência da dupla.

Negociando
João Paulo: Meia do Santa Cruz havia sido objeto de desejo botafoguense já para esta temporada, mas acabou ficando em Pernambuco. Com o rebaixamento da equipe Cobra Coral, falta apenas o último acerto entre as diretorias para ele se tornar jogador do Glorioso.

Montillo: Chegaria para ser a estrela da companhia. Aos 32 anos, dividiria a responsabilidade da armação com Camilo, sobrecarregado desde que chegou. O argentino está no fim do contrato com Shandong Luneng, da China, e chegaria de graça. O salário, provavelmente, seria o maior do elenco, mesmo muito abaixo dos padrões chineses.

Contratados
Roger: Aos 31 anos, o centroavante viveu, em 2016, a melhor temporada da carreira. Foram 22 gols em 35 jogos pelo Red Bull Brasil e pela Ponte Preta. Chega para resolver o baixo número de gols do Glorioso.

Gatito Fernández: O paraguaio já havia sido observado pela diretoria alvinegra quando Saulo se lesionou. Com a iminente saída de Sidão e a delicada recuperação de Jefferson, a diretoria avançou rapidamente para contratar o goleiro titular do Figueirense, em 2016.

De saída
Sidão: O goleiro pertence ao Osasco Audax, que tem negociações muito avançadas com o São Paulo. Só continua no Glorioso se insistir muito, até pela contratação de Gatito Fernández.

Diogo Barbosa: Vinculado a um parceiro do grupo BMG, deve ser vendido ao Cruzeiro, apesar da vontade mútua para a permanência no Glorioso.

Victor Luís: Pertence ao Palmeiras, que ainda não decidiu se conta ou não com ele para a próxima temporada.

Neilton: Emprestado pelo Cruzeiro, precisará de uma investida muito forte do Botafogo para continuar no Rio.

Fonte: Lancenet/Felippe Rocha/Rio de Janeiro (RJ)

Semana final: quais as possibilidades de o Botafogo ir para a Libertadores?


Alvinegro tem três chances de garantir vaga entre quarta-feira e domingo: entenda!



Há três rodadas que o Botafogo está na linha tênue da zona de classificação para a Taça Libertadores da América 2017. O time de Jair Ventura já poderia estar com o seu passaporte carimbado a esta altura do Campeonato Brasileiro se tivesse vencido um de seus últimos cinco jogos (foram três empates e duas derrotas). A semana final da temporada começou, agora vai ou racha? A vaga ficou ameaçada, mas ainda está palpável. Em números, o Alvinegro tem 86% de probabilidade de um final feliz, segundo o matemático Tristão Garcia; e três chances na prática. O GloboEsporte.com apresenta os cenários possíveis para o torcedor ficar ligado:

01- FEZINHA NA COPA DO BRASIL!
Grêmio fez 3 a 1 sobre o Atlético-MG no Mineirão e largou em vantagem na final (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

É difícil, mas o Botafogo pode garantir a vaga na Libertadores antes mesmo de entrar em campo. Isso tudo por causa da final da Copa do Brasil entre Grêmio e Atlético-MG, nesta quarta-feira em Porto Alegre, às 21h45 (de Brasília). Caso o Galo seja campeão, o G-6 viraria G-7, e o atual oitavo colocado (o próprio Tricolor) não conseguiria mais ultrapassar o Alvinegro na tabela da Série A. Só que o jogo de ida, em Belo Horizonte, não ajudou. Como o resultado de 3 a 1 para os gaúchos, os mineiros precisam vencer por três de vantagem. Outra possibilidade é ganhar por dois de diferença e tentar ser melhor nos pênaltis, pois não há o gol qualificado na decisão.

02- VENCEU? PODE COMEMORAR!
Bota venceu 1 dos últimos 15 jogos fora contra Grêmio, com Maicosuel e Loco (Foto: Roberto Vinicius/Agência Estado)

Se a fezinha não adiantar, não se preocupe botafoguense: ainda há esperança e mais duas chances. Com o Grêmio campeão, as chances de o clube poupar jogadores na última rodada aumenta, e o Tricolor Gaúcho é justamente o adversário do Alvinegro no domingo, às 17h (de Brasília), em Porto Alegre. Basta uma vitória fora de casa para sacramentar a vaga na Libertadores. Porém, contra titulares ou reservas, ganhar na casa gremista é uma tarefa árdua como mostram os números: nos últimos 15 jogos, houve apenas um triunfo: em 2011.

03- EMPATOU OU PERDEU. E AGORA?
Em caso de tropeço, alvinegros precisarão torcer para o Cruzeiro contra Corinthians no Mineirão (Foto: Agência Estado)

Bom, se empatar a situação muda de figura. O Botafogo já não vai depender mais de si e precisará torcer mais uma vez secar os outros: torcer para que o Atlético-PR perca para o Flamengo em Curitiba, ou para que o Corinthians não vença o Cruzeiro em Belo Horizonte. Os dois jogos também serão às 17h (de Brasília), Se um desses resultados acontecer, a vaga está confirmada. Em caso de derrota também dá, mas sua última chance será torcer desesperadamente para a Raposa arrancar ao menos um empate no Mineirão.

Fonte: GE/Por Davi Barros*Rio de Janeiro*Estagiário, sob a supervisão de Thiago Lima.