domingo, 27 de agosto de 2017

Jair Ventura elogia maturidade e rápido poder de reação do Botafogo


Treinador reconhecer que eliminação da Copa do Brasil foi dolorida, mas afirma que a derrota ficou no passado após vitória sobre o Bahia: "Doeu. Mas o futebol é bom que te dá uma segunda chance"






Melhores momentos de Bahia 1 x 2 Botafogo pela 22ª rodada do Brasileirão


O Botafogo teve seus dias de luto, sofreu com a eliminação na Copa do Brasil, mas reagiu rapidamente. Neste domingo, o Alvinegro mostrou poder de reação e venceu o Bahia por 2 a 1. Motivo de comemoração para Jair Ventura, que celebrou o fato de o time ter reagido rapidamente após a derrota na quarta-feira para o Flamengo.


- A importância da próxima jogada, não só no futebol, mas em todos os aspectos da vida. Se você se congelar em uma situação que já passou, você acaba deixando a desejar no presente e futuro. O passado é imutável. Já fomos desclassificados da Copa do Brasil. Doeu. Mas o futebol é bom que te dá uma segunda chance. Essa chance foi hoje. Fizemos o nosso melhor – comemorou o treinador do Botafogo.


Jair Ventura ainda elogiou a maturidade e a atuação do Botafogo em Salvador.


- Vejo uma equipe super madura, uma performance muito boa, esquecendo o resultado. Vai falar: "Ah, mas o Botafogo fez o gol no final". Tudo bem, mas nós tínhamos o controle total da partida. Mais de 60% de posse de bola. Isso foi muito importante, não só vencer, mas também performar.


Outros trechos


Elogios ao time

Jogamos com autoridade na casa do adversário. A gente sabe da força do Bahia no jogo reativo, de transição. O Mendoza com o Zé, o Régis flutuando, o Rodrigão fazendo esse homem referência, os dois laterais que saem bastante... Sabíamos da dificuldade aqui, mas a equipe suportou muito bem. Tem toda aquela pressão da torcida. É meu segundo jogo aqui, joguei em 2015, com 33 mil pessoas, conseguimos um empate e também foi muito difícil. Importante voltar a vencer, mostramos que o passado ficou para trás.



Botafogo saiu na frente com Roger (Foto: Raul Spinassé/A Tarde/Futura Press)


Priorizar a Libertadores?

A gente vai no nosso máximo em todas as competições. Mais importante é vencer, pontuar no Brasileiro e na Libertadores conseguir passar de fase. Fico feliz pelo Botafogo ter voltado a vencer e ter tido o controle da partida.


Formação com três atacantes

Tivemos que mexer por conta das lesões, acabamos jogando com três atacantes. Até então os três atacantes eram um pesadelo para a equipe do Botafogo, não consegui vencer. Hoje jogamos com os três atacantes e tivemos o controle do jogo. Tivemos o maior volume, posse, e conseguimos uma bela vitória.


Preocupação

A equipe está de parabéns. Realmente a desclassificação foi uma situação ruim, mas já passou, agora o que vale é a gente dar esse voo maior dentro do Campeonato Brasileiro. Vamos para o G-6, uma situação boa, mas tem uma situação ruim: perdi três jogadores por lesão hoje. Esses 13 dias que vamos ter agora poderia ser de preparação para sua equipe, mas você perde já três peças. Fora o Gilson com um problema no nariz também. Então é complicado. Fico feliz pela volta do G-6, mas triste por perder três jogadores por lesão.


Vocação ofensiva de Bruno Silva
É algo que ele tem dentro dele. É um grande jogador, você tem que extrair o máximo de seus jogadores. Eu converso com ele e tento fazer isso com todos os meus atletas. É um excelente jogador, tem essa vocação ofensiva, por isso tem mais liberdade nesse sistema que nós jogamos hoje. Passa praticamente a ser um meia, e ele é decisivo no terço final. Então ele vem chamando a atenção. Além de marcar, que faz muito bem, consegue pisar na área e ser decisivo com gols.


Fonte: GE/Por Rua Melo, Salvador, BA

Botafogo cura a ressaca, deixa Copa do Brasil para trás e cola no G-6


Time se recupera da eliminação com vitória obre o Bahia em Salvador. Fora de casa, Alvinegro assume as rédeas da partida, tem mais posse e quebra tabu de 15 anos. Veja como o resultado foi construído






Roger marcou o primeiro gol do jogo na Fonte Nova (Foto: Raul Spinassé/A Tarde/Futura Press)


Nada como um bom axé para curar a ressacada da eliminação da Copa do Brasil. O Botafogo foi a Salvador, neste domingo, e venceu o Bahia por 2 a 1, na Fonte Nova. A vitória recolocou o Alvinegro nos trilhos e a um passo do G-6 do Campeonato Brasileiro. O time está na sétima colocação, com 31 pontos.


Mas como foi construída a vitória do Botafogo? O que deu certo e o que não funcionou no time de Jair Ventura neste domingo? Listamos abaixo os principais destaques do jogo.


O QUE DEU CERTO?

Posse de bola
Na contramão do que costuma acontecer, o Botafogo teve a bola em Salvador. Conhecido por dar a bola ao adversário e apostar nos contra-ataques, o Alvinegro teve uma postura diferente. O time de Jair Ventura teve 58% de posse. E soube o que fazer com ela. Foram 13 finalizações ao todo.


Três atacantes

A contestada formação com três atacantes foi usada pelo Botafogo durante o segundo tempo. Guilherme, que voltou do intervalo na vaga de Marcos Vinícius, atuou ao lado de Rodrigo Pimpão e Roger. O time continuou no ataque, teve mais bola e venceu pela insistência. E mais: continuou sólido na defesa.



Gol do Botafogo! Pimpão Cruza na área e Róger cabeceia por cima do goleiro aos 12' do 1º


Garçom Pimpão

Conhecido por marcar gols importantes, Rodrigo Pimpão atacou de garçom neste domingo. Saíram dos pés do camisa 7 as assistências para os gols de Roger e Bruno Silva. Curiosamente, dois gols pelo alto.


Mais um tabu pelo caminho

O Botafogo de 2017 já está marcado por quebrar marcas e tabu. Neste domingo, mais um ficou pelo caminho. Há 15 anos o time não vencia o Bahia em Salvador. Pois é...


Mãos atadasJair Ventura pouco pôde fazer para mudar a cara do Botafogo. O treinador foi obrigado a mexer três vezes por problemas musculares. Carli, Marcos Vinícius e Victor Luis pediram para sair e foram substituídos, respectivamente, por Marcelo, Guilherme e Gilson. O time, porém, seguiu mais volume e ímpeto do que o Bahia.



Gol do Botafogo! Pimpão cruza na medida para Bruno Silva marcar de cabeça aos 46' do 2º


O QUE PODE MELHORAR?


Pontaria
Apesar de jogar fora de casa, o Botafogo se lançou ao ataque. Ao todo foram 13 finalizações. Faltou, no entanto, caprichar um pouco mais pontaria. Apenas quatro tiveram direção. Alguns chutes passaram bem longe.


AS NOTAS:

Gatito [GOL]: 6,0
Arnaldo [LAD]: 7,0
Carli [ZAG]: 6,0
Igor Rabello [ZAG]: 6,5
Victor Luis [LAE]: 6,0
Lindoso [VOL]: 6,0
Bruno Silva [VOL]: 6,5
João Paulo [MEI]: 5,5
Marcos Vinícius [MEI]: 5,5
Rodrigo Pimpão [ATA]): 7,0
Roger [ATA]: 6,5
Marcelo[ZAG]: 6,0
Gilson [LAT]: 6,0
Guilherme [ATA]: 6,0


AGENDA
Após intensa maratona em três competições, o Botafogo terá tempo para descansar e treinar. O time só volta a jogar no dia 10 de setembro, contra o Flamengo, pelo Brasileiro, no Nilton Santos. Três dias depois o Alvinegro recebe o Grêmio, no Nilton Santos, pela Libertadores.

Fonte: GE/Por GloboEsporte.com, Salvador

Rodada #22: tudo o que você precisa saber sobre Bahia x Botafogo


Times se enfrentam no domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 22ª rodada. No primeiro turno, Botafogo levou a melhor




(Foto: Infoesporte)

O jogo

Bahia e Botafogo se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. No meio da tabela, os dois times tentam se aproximar do pelotão da frente e abrir distância para os últimos colocados. Com 26 pontos, o Tricolor ocupa a 13ª colocação, enquanto o Alvinegro é o 10º, com dois pontos a mais.


No primeiro turno, o Botafogo bateu o Bahia no Rio de Janeiro pelo placar de 1 a 0, gol marcado pelo volante Bruno Silva. Para devolver o resultado, o Tricolor baiano confia na boa fase como mandante. São dois triunfos consecutivos na Arena Fonte Nova, contra São Paulo e Vasco. O Alvinegro tem como missão vencer fora de casa para esquecer a eliminação para o Flamengo nas semifinais da Copa do Brasil, na última quarta-feira.


Transmissão: TV Globo para RJ, ES, SE, PB, PI, AM, RO, AC, RR e AP (com Luis Roberto, Juninho Pernambucano e Renato Marsiglia) e Premiere e Premiere HD (com Rainan Peralva e Jorge Allan). O GloboEsporte.com acompanha tudo em Tempo Real.



(Foto: Infografia )


Bahia – Preto Casagrande

Preto Casagrande segue como interino no Bahia, cada vez com mais prestígio para conseguir uma efetivação. O triunfo sobre o Vasco, na rodada passada, aumentou a credibilidade do técnico, que deve repetir pela primeira vez a escalação desde que assumiu o comando da equipe.

Quem está fora: Allione, Hernane, Edigar Junio, Wellington Silva, Jackson e Armero estão machucados.

Pendurados: Anderson, Eduardo, Feijão e Jean



Provável escalação do Bahia contra o Botafogo (Foto: GloboEsporte.com)

Botafogo - Jair Ventura

O Botafogo viajou para Salvador na expectativa de curar a ressaca da eliminação da Copa do Brasil. É o momento de dar atenção ao Brasileiro. A boa notícia é que Jair Ventura terá o retorno de Pimpão e Carli, além de ter à disposição Arnaldo, Marcos Vinícius e Brenner, que não estavam inscritos no torneio mata-mata. Leo Valencia (suspenso), Matheus Fernandes (machucado) e Leandrinho (preservado para não forçar a coxa recém recuperada de lesão) são desfalques.


Quem está fora: Airton, Jonas, Marcinho, Bochecha, Leandrinho e Mathueus Fernandes (DM); Leo Valencia (suspenso)

Pendurados: Arnaldo, Emerson Santos, Jefferson, João Paulo, Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso e Roger



Provável escalação do Botafogo contra o Bahia (Foto: GloboEsporte.com)



(Foto: Infografia )


Heber Roberto Lopes apita a partida, auxiliado por Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes. O trio é de Santa Catarina.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com, Salvador