segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Marcelo deve ser lateral contra o Olimpia; outra vaga está em aberto


Contra o Olimpia, nesta quarta-feira, o zagueiro deve iniciar improvisado na posição em que estreou como profissional. Roger pode ser sacado, repetindo a estratégia do Chile



Marcelo caiu nas graças da torcida com poucos jogos, e deve ter nova função (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

O zagueiro Marcelo precisou de poucos jogos para fazer muito e se tornar titular e xodó da torcida do Botafogo. Mas ele deve mudar de função contra o Olimpia, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores da América. Com Jonas suspenso, deve caber o papel de lateral-direito, com Carli retornando ao time titular após estrear na temporada contra o Boavista, no último domingo.

Pode parecer uma grande novidade, mas, na verdade, não é. Se confirmada a opção por improvisar o camisa 14, Marcelo não vai desempenhar a função pela primeira vez. Na estreia dele como profissional, contra o Fluminense, no ano passado, ele atuou alguns minutos na vaga, após a lesão de Luis Ricardo.

O segundo jogo do argentino no ano ser logo no dia mais importante da temporada botafoguense até aqui também é um risco calculado. Apesar da possível falta de ritmo, a conhecida força no jogo aéreo de Carli, aliada ao poder de marcação da revelação da base alvinegra, tende a ser importante: o Botafogo imagina que o time paraguaio vai abusar dos cruzamentos.

- O Jair não passou ainda. Temos um treino e ele vai decidir. Contra o Fluminense ele (Marcelo, na lateral) foi bem. Tem o retorno do Carli, mas o Jair não decidiu nada. Temos que esperar até amanhã (terça-feira). Para mim, o Carli posiciona mais. O Marcelo tem a velocidade como ponto forte. Cada um tem a sua virtude - disse Emerson Silva, sobre quem prefere como parceiro.

Marcinho ficaria como opção para o segundo tempo. A estratégia será bastante semelhante à utilizada contra o Colo-Colo, no Chile, se Roger for sacado mais uma vez - o que pode acontecer, conforme o LANCE! apurou. A diferença é que, em Santiago, Camilo não jogou. Agora, Montillo é quem está lesionado. João Paulo e Rodrigo Lindoso se revezaram na armação, e o time teve três volantes.

- Ano passado fomos muito bem assim. É claro que mudou bastante o elenco, mas a nossa vontade é a mesma do ano passado. Não vejo o time com três volantes como defensivo, Airton já fez gol, eu chego na frente e o João Paulo também. Se o Jair for com três volantes, não sei o que ele está pensando - desconversou Bruno Silva.

Fonte: Lancenet/Feilppe Rocha/Rio de Janeiro (RJ)

Martelo batido: Canales se reúne com o Botafogo e decide por permanência


Em reunião com a diretoria alvinegra, centroavante decide continuar e recebe garantia de novas chances. Chileno será inscrito na Libertadores se clube for à fase de grupos



Canales seguirá treinando à espera de uma chance no time
 (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)
Martelo batido: Canales vai continuar no Botafogo. Nesta segunda-feira, o centroavante chileno e seu empresário, Marcelo Rodríguez, reuniram-se com a diretoria alvinegra e selaram a permanência após uma conversa com o presidente Carlos Eduardo Pereira. O gringo, que não joga desde setembro do ano passado e passou por uma cirurgia no tornozelo esquerdo no fim de 2016, recebeu garantias de que terá novas oportunidades e será inscrito na Libertadores se o time chegar à fase de grupos.

– Teve a reunião, ele segue no clube. Tem contrato até o final com o Botafogo, segue treinando, aguardando apenas a oportunidade para ser inscrito. Enquanto isso ele vai aperfeiçoando a forma física – disse o presidente, após reunião sobre o Campeonato Brasileiro na sede da CBF.


Canales vem treinando normalmente desde a pré-temporada no Espírito Santo, mas segundo o clube ainda precisa melhorar a parte física. Porém, o chileno de 34 anos já confessou a pessoas próximas que não entende o motivo de não jogar. Ele estava inicialmente na lista do Carioca formulada pela comissão técnica. Sua exclusão, no entanto, foi um pedido do presidente Carlos Eduardo Pereira, que optou por dar oportunidades ao jovem Renan Gorne. Jair Ventura acatou.


O gringo chegou a cair em desgosto em General Severiano. No Campeonato Carioca, que seria uma espécie de laboratório, ele sequer foi inscrito. Como o atacante tem o terceiro maior salário do elenco, atrás apenas de Montillo e Jefferson, sem ser aproveitado, alguns dirigentes e conselheiros defendiam a rescisão de contrato, que vai até dezembro, só que teria que ser amigável para não pagar multa. Muito se especulou sobre interesse de clubes do futebol chileno, onde é ídolo, porém, seu empresário garantiu não ter nenhuma oferta pelo jogador.

Canales foi contrato pelo Botafogo em maio do ano passado para ser o dono da camisa 9 (o chileno, na verdade, usa a 19). No entanto, chegou ao clube com uma lesão no pé e levou um mês para começar a treinar. No ano passado, disputou 11 jogos e marcou apenas um gol. Em outubro, lesionou o tornozelo, passou por cirurgia e não jogou desde então.


Fonte: GE/Por Igor Rodrigues, Martín Fernandez e Thiago Lima/Rio de Janeiro

CBF define tabela do Brasileirão. Palmeiras estreia contra o Vasco


Entidade apresentou jogos aos clubes em reunião nesta segunda-feira



Taça de campeão brasileiro  (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A CBF apresentou nesta segunda-feira aos 20 clubes da Série A a tabela do Brasileirão-2017. A competição começa no dia 13 de maio. O atual campeão Palmeiras vai estrear em casa, contra o Vasco. Vice-campeão em 2016, o Santos estreia fora de casa, contra o Fluminense. Terceiro colocado, o Flamengo recebe o Atlético-MG no primeiro jogo.

A terceira rodada já terá clássicos estaduais: Vasco x Fluminense e São Paulo x Palmeiras.

1ª RODADA DA SÉRIE A-2017 (13 ou 14/5)

Fluminense x Santos
Flamengo x Atlético-MG
Palmeiras x Vasco
Corinthians x Chapecoense
Cruzeiro x São Paulo
Coritiba x Atlético-GO
Grêmio x Botafogo
Bahia x Atlético-PR
Ponte Preta x Sport
Avaí x Vitória

2ª RODADA (20 ou 21/5)

Botafogo x Ponte Preta
Vasco x Bahia
Santos x Coritiba
São Paulo x Avaí
Atlético-MG x Fluminense
Atlético-PR x Grêmio
Sport x Cruzeiro
Vitória x Corinthians
Atlético-Go x Flamengo
Chapecoense x Palmeiras

3ª RODADA (27 ou 28/5)

Botafogo x Bahia
Vasco x Fluminense
Santos x Cruzeiro
São Paulo x Palmeiras
Atlético-MG x Ponte Preta
Atlético-PR x Flamengo
Sport x Grêmio
Vitória x Coritiba
Atlético-GO x Corinthians


Fonte: Lancenet/Igor Siqueira/Rio de Janeiro (RJ)

Não deu tempo: lesão tira Montillo da viagem e da decisão contra o Olimpia


Com um problema na panturrilha direita, meia ficará no Rio de Janeiro em tratamento enquanto delegação embarca para o Paraguai na noite desta segunda. Gatito retorna



O Botafogo bem que tentou. Na semana passada, um tratamento intensivo conseguiu colocar Montillo em condições de jogo seis dias após uma lesão na coxa direita. Porém, o camisa 7 alvinegro sentiu uma nova contusão na última quarta-feira, agora na panturrilha direita, e desta vez não conseguiu se recuperar a tempo. Com isso, ele está fora do jogo decisivo contra o Olimpia, do Paraguai, valendo uma vaga na fase de grupos da Taça Libertadores da América. O meia argentino ficará em tratamento no Rio de Janeiro enquanto a delegação embarcará para Assunção na noite desta segunda-feira, após o treino no Estádio Nilton Santos.

Montillo desolado no banco de reservas após sentir a nova lesão após 14 minutos contra o Olimpia (Foto: André Durão)

Quem também não viaja é Jonas. O lateral-direito recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso na Libertadores. Por outro lado, Bruno Silva pode voltar. O volante, substituído no intervalo do jogo da última quarta-feira com dores musculares, não teve contusão detectada no exame de imagem. Além dele, Gatito Fernández está recuperado da lesão no músculo adutor da coxa direita que o tirou dos últimos três jogos do Botafogo, contra Flamengo, Olimpia e Boavista, e está pré-relacionado para a viagem.


O Botafogo volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o Olimpia no Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai. Como venceu o primeiro duelo por 1 a 0 no Estádio Nilton Santos, o Alvinegro tem a vantagem do empate e pode até perder por um gol de diferença, desde que balance a rede ao menos uma vez, para chegar à fase de grupos da Libertadores. Se perder por 1 a 0 a decisão vai para os pênaltis.


Fonte: GE/Por Felippe Costa, Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro

Após gols, Fernandes sonha entrar na lista da Libertadores: "Grande passo"


Meia volta a jogar com a camisa do Botafogo depois de sofrer duas lesões que o tirou dos gramados por um longo tempo. Cria do clube, ele quer seguir ajudando a equipe





Se a vitória do Botafogo por 3 a 2 na tarde deste domingo, em Bacaxá, não valeu para classificar o time para as semifinais da Taça Guanabara, valeu para aumentar as expectativas do meia Fernandes, autor de dois gols. Depois de ficar afastado se recuperando de torção no joelho esquerdo sofrida na pré-temporada, ele voltou a ter uma oportunidade, se destacou e agora espera conquistar seu grande objetivo que entrar na lista do clube da Libertadores da América.

Agora é manter o foco. Dei um grande passo para que possa ser inscrito.
Fernandes

- Fiquei muito feliz. Acho que é um momento bom para mim, voltar assim e marcar dois gols. Estou brigando para entrar nessa lista da Libertadores. Venho treinando forte. Agora é manter o foco. Dei um grande passo para que possa ser inscrito.


Lesão na temporada passada
(Foto: Divulgação)
Na libertadores desse ano, os times tiveram de inscrever 25 jogadores para as fases iniciais. Quem passar para o mata-mata, pode colocar mais cinco nomes na lista, sem precisar substituir quem já estava, totalizando 30 inscritos. Até 48h antes da semifinal, os classificados podem substituir até três atletas. Não serão permitidas alterações antes da decisão - goleiros lesionados são as únicas exceções em todas as fases.

Antes da lesão no joelho, Fernandes passou um longo período se recuperando de uma entorse grave no tornozelo esquerdo, sofrida diante do Grêmio, no dia 04 de setembro de 2016. Ele lembra do período difícil que passou na fisioterapia, mas também do apoio recebido pelos funcionários do Botafogo.

- Foi um período difícil, que me pegou em um momento que estava crescendo. Fiquei chateado, mas nunca deixei de acreditar. As pessoas do clube sempre me mantiveram tranquilo e com foco na recuperação. Sabia que voltaria bem - afirmou o meia.

Para seguir sonhando com um lugar na lista da Libertadores da América, Fernandes vai ter que torcer muito pelos companheiros pela televisão na próxima quarta-feira, quando o Botafogo enfrenta o Olimpia, às 21h45 (de Brasília), no Paraguai. Depois da vitória por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, o Alvinegro precisa de um empate para voltar ao Brasil com a vaga garantida na fase de grupos da competição.


Fonte: GE/Por Felippe Costa/Bacaxá, RJ