sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Camilo volta, e titulares do Botafogo vencem jogo-treino contra o Bangu


Debaixo de um sol escaldante na Arena, time apresenta variações táticas. Airton é liberado para casar. Após três tempos, equipe de Moça Bonita vence por 3 a 1



Liberado, Camilo treinou com bola pela primeira
 vez na semana (Foto: Vitor Silva / SSpress)
Com a semana livre para se preparar para o duelo contra a Chapecoense, na próxima semana, Jair Ventura aproveitou o tempo livre para fazer ajustes. Nesta sexta-feira, o Botafogo realizou jogo-treino contra o Bangu, na Arena da Ilha. Os titulares venceram por 1 a 0, com gol de Neiltion, mas o resultado final foi 3 a 1 para a equipe de Moça Bonita. O que se viu foi um Botafogo diferente,apesar da mesma formação.


O jogo-treino marcou a volta de Camilo, que treinou pela primeira vez com bola nessa semana. Airton, que vai casar nesta sexta, foi liberado e retorna ao dia a dia do clube no domingo. A vitória dos titulares por 1 a 0, em 30 minutos sob sol escaldante na Ilha do Governador, mostrou mais do que uma atuação coesa da equipe. O treinador testou variações táticas em todos os setores, com trocas verticais de posição. Os titulares alinharam com Sidão, Alemão, Joel Carli, Emerson Santos e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Camilo e Diogo Barbosa; Neilton e Pimpão.

Victor Luís e Diogo Barbosa trocavam constantemente de posição entre a lateral e a meia esquerda. No ataque, Neílton e Pimpão também se revezavam nas pontas e por dentro. De volta ao time após cinco dias sem treinar com bola, Camilo, camisa 10 da equipe, fazia o papel de "falso 9".

Já na segunda parte do treino, o treinador mesclou jogadores do time campeão brasileiro sub-20 e outros reservas. O time atuou com Helton Leite, Marcinho, Renan Fonseca, Emerson Silva e Yuri; Fernandes, Dudu Cearense, Leandrinho e Gervásio Núñez; Sassá e Vinicius Tanque. Com essa equipe, o Botafogo empatou em 0 a 0 com os reservas.

Neilton marcou o gol da vitórias dos titulares (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Ainda deu tempo para levar a campo uma formação com os jogadores menos utilizados: Diego Loureiro, Diego, Dierson, Bochecha e Geovane Maranhão; Matheus Fernandes, Salgueiro, Pachu e Gegê; Luís Henrique e Renan Gorne. No terceiro tempo, Dhiego Lomba e Rodrigo, duas vezes, marcaram para o Bangu. No placar final, o Alvirrubro saiu com a vitória por 3 a 1.

Com 55 pontos, o Botafogo é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro volta a atuar apenas na próxima quarta-feira, às 19h30, contra a Chapecoense, na Arena Botafogo. Na zona de classificação para a Pré-Libertadores, o time de Jair Ventura ainda tem chances de classificação direta para a fase de grupos da competição continental.

Fonte: GE/Por Caio Filho e Davi Barros/Rio de Janeiro

Botafogo tem nova reunião por Sidão e pode ceder jogadores ao Audax-SP


Negociação avança, e empresário do goleiro volta ao Rio nesta sexta para encontrar Alvinegro. Clube, porém, ainda precisa entrar em acordo com paulistas por liberação





Enquanto o Botafogo segue focado em buscar uma vaga na Taça Libertadores de 2017, a diretoria segue se movimentando nos bastidores por reforços e renovações de contrato. Após acertar com o centroavante Roger, ex-Ponte Preta, e encaminhar a prorrogação do vínculo de Emerson Silva, a bola da vez é Sidão. Um dos destaques do time na arrancada dentro do Campeonato Brasileiro, o goleiro tem negociações avançadas para seguir em General Severiano por mais dois anos, mesmo com a concorrência pesada do ídolo Jefferson, voltando de lesão.

Lopes conversa com Sidão no treino: diretoria e goleiro têm negociação avançada (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Nesta sexta-feira, o empresário do goleiro, Fábio Mello, retorna ao Rio de Janeiro para uma nova reunião com o Botafogo. O agente, que representa jogadores como Réver (Flamengo) e Victor (Atlético-MG), assumiu a carreira de Sidão no fim do mês passado, e o primeiro encontro com Antônio Lopes, vice-presidente de futebol do clube, aconteceu na semana passada. A expectativa é que a conversa com o Audax aconteça na próxima semana, quando dirigentes alvinegros estarão em São Paulo, para a partida contra o Palmeiras.


– Estive com o Antônio Lopes na sexta passada, foi uma reunião muito boa, de ajustar os interesses. Sidão quer ficar, o Botafogo quer que ele fique. Tivemos uma aproximação dos interesses, as coisas caminham muito bem. Estou voltando ao Rio nesta sexta-feira para tentar mais uma aproximação para um desfecho ainda essa semana – disse Mello, alertando, porém, que ainda não houve um acordo entre o Botafogo e o Audax-SP para a liberação do goleiro.

Matheus Menezes, Pablo Andrade, Andreazzi, Lucas Zen, André Luis, Igor Rabello, Jean, Marquinho, Paulo Ricardo e Octávio não vêm sendo aproveitados e podem ser usados como moedas de trocas


– Um dos assuntos que estou aguardando é esse. Não adianta avançar sem a concordância entre os clubes – alertou o empresário, explicando que a compensação pode ser financeira ou via troca de jogadores.


Emprestado para o Brasileiro, Sidão tem vínculo com o Audax-SP até o fim do Campeonato Paulista. Como o prazo é curto, o clube não deve dificultar a liberação, uma vez que o goleiro pode assinar pré-contrato a partir de dezembro e sair de graça após o estadual. No entanto, o diretor de futebol da equipe, Nei Teixeira, ainda aguarda um contato do Botafogo.


– Não fomos procurados pelo Botafogo ainda oficialmente e nem informalmente – avisou.


Dos jogadores sob contrato, que não vêm sendo aproveitados e poderiam ser cedidos pelo Botafogo, estão: o zagueiro Matheus Menezes, o lateral-direito Pablo Andrade, os volantes Andreazzi e Lucas Zen e o atacante André Luis, todos no grupo 2; dos atualmente emprestados, há o zagueiro Igor Rabello (Náutico), o lateral-esquerdo Jean (Botafogo-PB), o meia Marquinho (Atlético-GO) e o atacante Paulo Ricardo (Portuguesa-RJ); e o meia Octávio, que voltou machucado do Tupi-MG e está no departamento médico.


Além de Sidão e Emerson Silva, que estão com a renovação encaminhada, os demais atletas que ficarão sem contrato em dezembro são: Diogo Barbosa, Alemão, Geovane Maranhão, Victor Luís, Lizio, Anderson Aquino, Gervásio Nuñez, Salgueiro, Milton Raphael, Neilton, Matheus Menezes, Paulo Ricardo e Lucas Zen. Em entrevista recente à "Rádio Globo", o vice-presidente de futebol alvinegro, Antônio Carlos Azeredo, o Cacá, disse que as saídas na barca abrirão espaço no orçamento para contratações de impacto em caso de Libertadores. Além de Roger, já contratado, o Botafogo abriu negociações para contar com o atacante Marinho.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro

Botafogo abre negociação para contratar João Paulo, do Santa Cruz


Alvo no fim da temporada passada, meia entra na mira do clube carioca para a possível disputa da Libertadores. Armador tem contrato até o fim de 2017





Em silêncio, de olho na Libertadores, o Botafogo segue em busca de reforços para 2017. O clube não se manifesta oficialmente sobre o assunto, mas já tem em vista alguns nomes para a próxima temporada. Um deles é João Paulo, do Santa Cruz. O meia, 25 anos, inclusive, foi alvo da equipe carioca no ano passado.

João Paulo tem contrato com o Santa Cruz até dezembro de 2017. No entanto, em grave crise financeira e virtualmente rebaixado para a Série B, a equipe pernambucana acha difícil segurar o jogador e vê com bons olhos a possibilidade de fazer algum dinheiro com seu camisa 10. No início do ano, o Tricolor desembolsou cerca de R$ 1 milhão para ter o atleta, que pertencia ao Inter, por dois anos.

- Há o interesse, estamos conversando, mas ainda não tem nada certo. Houve apenas uma primeira conversa, sem qualquer acordo financeiro – confirmou o empresário Christian Mânica.

João Paulo está mais uma vez na mira do Botafogo (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

João Paulo atua como típico camisa 10 e se destaca pelas assistências. Ele é bom cobrador de faltas e, inclusive, acertou uma cobrança na trave de Sidão, no último encontro com o Botafogo. Ele chegaria para ajudar Camilo no setor de criação. O jogador chamou a atenção do Glorioso, pela primeira vez, na vitória do Santa Cruz por 1 a 0 sobre o Alvinegro, na estreia de Grafite, pela Série B. O gerente Antônio Lopes é quem conduz a negociação.

- A situação do Botafogo é muito interessante, nos interessa no sentido de que o clube parece estar numa boa situação financeira e possivelmente vai disputar a Libertadores. Além disso, é uma camisa muito forte do futebol brasileiro - elogiou Christian Mânica.


Destaque nas categorias de base do Inter, João Paulo nunca se firmou na equipe profissional do Colorado. Antes do Santa Cruz, ele teve passagens por Atlético-GO e Goiás. No clube pernambucano, no entanto, o meia se destacou e teve seus direitos federativos adquiridos pelo Tricolor.


Para a próxima temporada, o Botafogo já contratou o atacante Roger, da Ponte Preta, e tem interesse em Marinho, do Vitória.


Fonte: GE/Por Daniel Gomes, Marcelo Baltar e Thiago Lima/Recife e Rio de Janeiro