sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Botafogo procura nome de peso e abre negociação por Walter Montillo


De saída da China, argentino fica sem contrato no fim do ano e interessa ao clube carioca para uma eventual disputa de Libertadores. Contatos já foram iniciados.




Montillo deixa o futebol chinês no final
do ano (Foto: Reprodução/Sina.com)
Enquanto vê parte de seu elenco ser assediada por outros clubes, o Botafogo também se movimenta para temporada de 2017. A vaga para Libertadores ainda não está garantida, mas o Alvinegro já definiu as prioridades: dois atacantes e um meia experiente para ajudar Camilo na armação. Perfil em que se enquadra o argentino Walter Montillo, alvo alvinegro para o ano que vem.


Não é a primeira vez que o Botafogo procura Montillo. No ano passado, o clube sondou a situação do meia. Desta vez, o projeto ainda é embrionário, mas as conversas já começaram. O Botafogo abriu negociações com o empresário Sérgio Irrigotia, que cuida da carreira do argentino. Após dois anos na China, Montillo está de saída do Shandong Luneng. Seu contrato termina nesse mês, e ele tem a intenção de retornar ao futebol brasileiro. A Universidad de Chile – clube em que fez história – é outra opção.


Montillo gosta muito do Rio de Janeiro e no ano passado esteve perto do Flamengo. Fato é que ele é uma das opções para dar peso ao elenco do Botafogo em uma eventual disputa de Libertadores. O nome de outro argentino, Jesus Dátolo, também foi citado em reuniões da cúpula de futebol, mas o interesse não foi adiante. Apesar de estar de saída do Atlético-MG, os constantes problemas físicos esfriaram o interesse.


Até o momento, o Botafogo já acertou com o atacante Roger, da Ponte Preta, e tem encaminhada a contratação do meia João Paulo, do Santa Cruz. Por outro lado, o clube está encontrando dificuldades para segurar alguns destaques. Diogo Barbosa, por exemplo, não deve ficar. Sidão está na mira do São Paulo, enquanto Neilton e Victor Luís dificilmente terão seus empréstimos renovados.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro

Empresários recusam oferta, e Diogo Barbosa fica mais longe do Botafogo


Alvinegro tenta comprar parte dos direitos econômicos do lateral-esquerdo, mas os representantes do jogador querem vender 100%. Destino do ala deve ser o Cruzeiro



Diogo tem 44 jogos, dois gols e quatro assistências
 pelo Botafogo (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)
Independentemente da classificação para a Taça Libertadores, Diogo Barbosa dificilmente continuará no Botafogo em 2017. Depois da promessa de tentar comprá-lo feita pelo gerente de futebol alvinegro, Antônio Lopes, ao lateral-esquerdo, a diretoria apresentou proposta para adquirir parte dos direitos econômicos do jogador nos últimos dias. Porém, o grupo de empresários que detém o passe rejeitou a oferta porque quer vender os 100% do atleta. Os números não foram divulgados, mas o Alvinegro sinalizou que não aumentará os valores.


Diogo manifestou várias vezes que gostaria de renovar o vínculo que vai até dezembro, mas a decisão não está em suas mãos. Ele tem 50% dos direitos econômicos atrelados ao Coimbra Esporte Clube-MG (parceiro do banco BMG) e outros 50% a uma empresa particular. Como o Botafogo, a princípio, não apresentará uma contraproposta, o lateral ficou mais longe de General Severiano. E mais perto do Cruzeiro, que tem conversas avançadas com seus agentes.


Após passagem no ano passado pelo Goiás, Diogo chegou ao Botafogo em janeiro e logo conquistou a titularidade. Ele foi eleito o melhor lateral do Campeonato Carioca e manteve o nível no Brasileiro, onde passou a jogar também como meia. O ala despertou ainda interesse do São Paulo, mas o clube obteve informações de que as conversas entre o atleta e o Cruzeiro estão avançadas. Por isso, o Tricolor recuou, por ora, pois não pretende atravessar a negociação.


A provável saída de Diogo pode ser um problema para Jair Ventura, uma vez que o Palmeiras já solicitou o retorno de Victor Luís ao fim do empréstimo em dezembro. O Botafogo também negocia com o empresário do ala, mas as chances são consideradas pequenas. Envolvido na briga por uma vaga na Libertadores pelo Alvinegro, o lateral deixa o assunto para depois.


Além de Diogo e Victor Luís, o Botafogo pode perder Sidão. O São Paulo acertou com o Audax - dono de seus direitos federativos - e pode ser o destino do goleiro em 2017.

 

Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro