segunda-feira, 24 de abril de 2017

Sem "achar" lateral-direito, Botafogo deve ir de Emerson Santos na Copa BR



Com pouco tempo hábil, Alvinegro não consegue reforço no último dia para inscrição no torneio, mas vai seguir no mercado de olho no Brasileiro e mata-mata da Libertadores






Emerson Santos é o favorito para a lateral direita na Copa do Brasil (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)



Não deu tempo. O Botafogo não conseguiu contratar o tão almejado lateral-direito que queria até esta segunda-feira, data limite para inscrição de jogadores para a Copa do Brasil. Com isso, o favorito a ser titular da posição no torneio é Emerson Santos. O zagueiro voltou a ser improvisado no setor nos últimos dois jogos fora de casa pela Libertadores, mostrou segurança e ganhou confiança de Jair Ventura. Fernando Costanza, de 18 anos e que estava no sub-20, foi integrado provisoriamente e deve ser opção no banco.


O presidente Carlos Eduardo Pereira estava negociando com alguns nomes mantidos em sigilo, mas o GloboEsporte.com apurou dois que interessam ao clube: Tiago Cametá, do Ceará, e Nino Paraíba, da Ponte Preta. O primeiro, de 24 anos, tem o respaldo de Jair Ventura e já havia sido alvo ano passado, na época da contratação de Alemão. E o segundo, de 31, agrada tanto pela experiência quanto pela regularidade.


Apesar de já estar treinando sem sentir dores, Luis Ricardo ainda precisa de um tempo maior para recuperar ritmo de jogo e a melhor forma física. Por isso, Jair não abre mão de um reforço para a posição, já que Jonas e Marcinho fizeram cirurgias para reconstruir ligamentos dos joelhos e só devem voltar em 2018. Na Copa do Brasil, assim como no Cameonato Brasileiro, não há lista de inscrição nem limite de jogadores, basta estar regularizado dentro do prazo para poder jogar. O prazo da Copa do Brasil terminou nesta segunda, e da Série A vai até setembro.


Fonte: GE/Por Thiago Lima, Rio de Janeiro

Maicon participa de coletivo e dá passo importante para permanência


Lateral-direito - que está recuperando a forma física no Botafogo - treinou com bola com o restante do elenco alvinegro nesta segunda-feira e vêm impressionando a comissão técnica


Maicon segue evoluindo e aprimorando a forma física no Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Na reapresentação do elenco do Botafogo, nesta segunda-feira, a atividade foi composta por um coletivo entre os reservas - e atletas que não enfrentaram o Flamengo - contra um time composto por maioria de jogadores do Sub-20. E, entre eles, lá estava Maicon, que participou do seu primeiro treino com bola e com todo o elenco do Botafogo durante cerca de 30 minutos de atividade.


O lateral-direito de 35 anos - com passagem na Europa e na Seleção Brasileira - vêm treinando no Botafogo tem cerca de um mês, buscando aprimorar a sua forma física, sem ter um vínculo de contrato. E a evolução é notória. Estando quase um ano sem jogar, Maicon já treina com os jogadores alvinegros e, mais que isso, surpreende a comissão técnica alvinegra pela rápida recuperação.


Apesar do discurso do presidente Carlos Eduardo Pereira - em entrevista para a Rádio Globo, o mandatário descartou o jogador - existem correntes no clube que já trabalham com a possibilidade de permanência do experiente lateral. O Botafogo não tem tido sorte na posição em 2017, com as sérias lesões de Jonas e Marcinho, além do fato de Luis Ricardo ainda estar em fase final de transição.


Fonte: Lancenet/Vinícius Britto/Rio de Janeiro (RJ)

Sassá entra no Top 5 dos artilheiros do Botafogo no séc. XXI e pede passagem


Atacante chega a 34 gols com a camisa alvinegra, empata com o ex-botafoguense André Lima e, mais eficiente em campo, ameaça titularidade de Roger no time de Jair Ventura






De pênalti, Sassá marca seu 34º gol com a camisa alvinegra

Artilheiro do Botafogo em 2016 (14 gols), goleador do Alvinegro até aqui em 2017 (sete gols), e agora também entre os maiores homens-gol do clube no séc. XXI. Com a bola na rede na derrota por 2 a 1 para o Flamengo no último domingo (veja no vídeo acima), Sassá chegou a 34 gols em 109 jogos com a camisa preta e branca e entrou no Top 5 do século, empatado na quinta posição com o ex-botafoguense André Lima, hoje no Vitória.


Confira os líderes no ranking:

TOP 5 (SÉC. XXI)

Dodô: 90 gols
Lúcio Flavio: 64 gols
Loco Abreu: 63 gols
Herrera: 51 gols
Sassá e André Lima: 34 gols


Com faro de gol aguçado desde o ano passado, o atacante vem pedindo passagem no Botafogo e já ameaça a titularidade de Roger. Não só por estufar as redes, mas por ser mais eficiente em campo. Bastou ele entrar no clássico contra o Flamengo para tornar o Alvinegro perigoso ofensivamente: criou uma chance clara, sofreu o pênalti de Réver e ainda converteu a cobrança. Pelo mapa de calor dos dois jogadores (veja na imagem abaixo), fica claro que Sassá jogou mais próximo da área que o companheiro, que foi obrigado a sair para buscar jogo e não rendeu.

Mapas de calor mostram que Sassá jogou mais na área do que Roger (Foto: Footstats)

Outro ponto que conta a favor de Sassá são os pênaltis. Ele é o cobrador oficial do Botafogo, embora curiosamente seja reserva. Nas redes sociais, torcedores vêm pedindo para o atacante da "Sassarrada" começar jogando, oportunidade que aparenta estar mais perto do que nunca, desde que perdeu espaço no fim do ano passado. Em entrevista coletiva após semifinal do Carioca, Jair Ventura foi questionado se uma nova chance do garoto estava próxima.


– Sim, todos estão sempre brigando, sempre próximos. Sempre falo na meritocracia, ele vem entrando muito bem, assim como os outros. É no dia a dia, nos treinamentos, claro que nos jogos também. É aquele ditado, treino é treino, jogo é jogo. Então pode ser, vamos esperar até o próximo jogo – despistou o treinador, deixando a chance de mudança no ar.


CENTROAVANTES X FLAMENGO

Finalizações: Sassá 3 x 0 Roger
Passes certos: Sassá 9 x 7 Roger
Passes errados: Sassá 0 x 1 Roger
Faltas cometidas: Sassá 1 x 2 Roger
Faltas recebidas: Sassá 1 x 0 Roger
Impedimentos: Sassá 1 x 1 Roger
Roubadas de bola: Sassá 0 x 2 Roger


Sassá chegou a ser barrado no Botafogo por causa de problemas extra-campo e ficou fora dos inscritos na Pré-Libertadores como castigo. Depois que admitiu o erro e se acertou com diretoria e comissão técnica, o atacante teve até agora duas chances como titular, mas ambas foram em equipes alternativas: com ele em campo desde o início, o time ganhou o clássico contra os reservas do Fluminense por 3 a 1 e perdeu para o Vasco por 2 a 0 na final da Taça Rio.



Fonte: GE/Por Thiago Lima, Rio de Janeiro