sábado, 9 de setembro de 2017

Valencia reencontra o Flamengo e espera repetir o gol: "Seria uma alegria enorme"


Provável titular do Botafogo no clássico deste domingo, meia chileno lembra dia de carrasco na eliminação do rival na Copa Sul-Americana do ano passado: "Fui muito feliz naquele jogo"





Palestino surpreende e elimina o Flamengo da Copa Sul-Americana


Sem João Paulo e Marcos Vinícius, Valencia é o mais cotado para ser o armador titular do Botafogo contra o Flamengo neste domingo, às 19h (de Brasília), no Nilton Santos, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Clássico que vai ser especial para o meia da seleção chilena, que vai reencontrar um velho algoz.


Quando ainda defendia o Palestino, do Chile, o meia foi o autor do gol da vitória por 2 a 1 no Kleber Andrade, em Cariacica (ES), que eliminou o Flamengo da Copa Sul-Americana do ano passado (relembre no vídeo acima). Para o reencontro, ele se mostra animado e espera repetir a fama de carrasco.


– Fui muito feliz naquele jogo. É uma boa lembrança. Com certeza serve de exemplo. Espero fazer ainda mais, desta vez a serviço do Botafogo. Um gol seria uma alegria enorme – disse o gringo em entrevista ao site oficial do Botafogo.



Mais adaptado, Valencia deve ter nova chance como titular (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)


Recém-chegado, Valencia tem apenas quatro partidas pelo Botafogo. Depois de uma estreia animadora contra o Palmeiras, o meia não conseguiu manter o rendimento nos jogos seguintes. Mas agora se diz mais adaptado e vive a expectativa para ser titular no clássico.


– Creio que estou melhorando diariamente, entendendo o estilo do Botafogo e lutando muito para ajudar. Se o Jair optar por mim no domingo vou deixar o máximo pelo time.


O Botafogo não vence o Flamengo desde 2015 e terá a última chance de encerrar o jejum nesta temporada no domingo. O clássico é visto como forma de quebrar o tabu, entrar no G-6 do Campeonato Brasileiro e ganhar um fôlego extra para enfrentar o Grêmio na quarta-feira, às 21h45, no Nilton Santos, no jogo de ida das quartas de final da Libertadores.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com, Rio de Janeiro