quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Sorteio de mandos e divisão de renda: CBF detalha Copa do Brasil de 2017


Torneio terá duas primeiras fases definidas em jogos únicos e 11 clubes classificados diretamente para as oitavas de final. Confira como ficará a competição




Taça Copa do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quinta-feira como será o formato da Copa do Brasil de 2017. Com a confirmação de que as duas primeiras fases serão disputadas em jogos únicos, a entidade divulgou como será a definição dos mandos de campo. Na primeira, os melhores ranqueados visitam os piores e têm vantagem do empate para se classificarem. Na segunda, um sorteio definirá o mando de campo e a decisão será nos pênaltis em caso de empate. Em ambas etapas, a renda será dividida da seguinte forma: 60% para o classificado e 40% para o eliminado.


Na competição do ano que vem, as equipes que jogarem desde o início terão uma fase a mais para chegarem às oitavas de final - serão quatro ao todo. Nela, 11 times ingressarão no torneio: os sete representantes brasileiros na Libertadores (Palmeiras, Flamengo, Santos e Atlético-MG são quatro confirmados), além dos campeões da Copa Verde (Paysandu), Copa do Nordeste (Santa Cruz) e Série B (Atlético-GO) de 2016 e a Chapecoense, que provavelmente será nomeada campeã da Sul-Americana pela Conmebol.


Serão 91 clubes participantes, cinco a mais do que na edição deste ano, e 120 partidas realizadas, 40 a menos do que em 2016. A partir da terceira fase os duelos serão definidos da forma tradicional, com jogos de ida e volta e critério do gol qualificado - com exceção da final, onde os gols fora de casa não têm valor maior. A Copa do Brasil vai começar dia 8 de fevereiro e terminará no dia 12 de outubro, feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças, com 23 datas disponíveis.


Veja detalhamento completo divulgado no site oficial da CBF:



* Primeira Fase
- com 80 clubes 70 clubes oriundos das competições estaduais e 10 pelo Ranking de Clubes da CBF
Fase em jogo único (40 jogos)
Sorteio para definição dos confrontos
Em cada confronto os times melhores ranqueados visitam os de pior ranking
Vantagem do empate para os visitantes
Divisão de renda: 60% para o classificado e 40% para o eliminado
Classificam-se para a Segunda Fase os vencedores dos confrontos (total de 40 clubes)


* Segunda Fase
- com 40 clubes
Fase em jogo único (20 jogos)
Confrontos seguem o diagrama
Mando de campo definido por sorteio
Divisão de renda: 60% para o classificado e 40% para o eliminado
Classificam-se para a Terceira Fase os vencedores dos confrontos (total de 20 clubes)


* Terceira Fase - com 20 clubes
Fase em ida e volta (20 jogos)
Confrontos seguem o diagrama
Sorteio para definição dos mandos de campo
A partir desta fase entra o critério do gol qualificado
Classificam-se para a Quarta Fase os vencedores dos confrontos (total de 10 clubes)


* Quarta Fase - com 10 clubes
Fase em ida e volta (10 jogos)
Sorteio para definições dos confrontos e dos mandos de campo
Classificam-se para a Quinta Fase os vencedores dos confrontos (total de 5 clubes)


* Quinta Fase (Oitavas de Final)
- com 16 clubes, a saber: a) os cinco clubes classificados na Quarta Fase; b) os sete clubes participantes da Taça Libertadores de 2017; c) o campeão da Copa Sul-Americana de 2016 (Associação Chapecoense de Futebol/SC, aguardando confirmação por parte da CONMEBOL); d) os campeões de três competições da CBF em 2016: Copa do Nordeste, Copa Verde e Campeonato Brasileiro da Série B.
Fase em ida e volta (16 jogos)
Sorteio para definições de confrontos e de mandos de campo
Classificam-se para a Sexta Fase os vencedores dos confrontos (total de 8 clubes)


* Sexta fase (Quartas de Final) - com 8 clubes
Fase em ida e volta (8 jogos)
Sorteio para definições de confrontos e de mandos de campo
Classificam-se para a Sétima Fase os vencedores dos confrontos (total de 4 clubes)


* Sétima fase (Semifinal)
- com 4 clubes
Fase em ida e volta (4 jogos)
Sorteio para definição dos mandos de campo
Classificam-se para a Oitava Fase os vencedores dos confrontos (total de 2 clubes).


* Oitava fase (Final) - com 2 clubes
Fase em ida e volta (2 jogos)
Sorteio para definição dos mandos de campo
Não há o critério do gol qualificado.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.comRio de Janeiro

Treino do Botafogo aponta primeiros indícios do time que pega o Grêmio


Primeiro trabalho tático da semana teve Victor Luís na lateral e Diogo Barbosa no meio



Jogadores alvinegros se enfrentaram em quadrantes e, depois, buscando e evitando o gol (Foto: Felippe Rocha)

O Botafogo vai tentando retomar a rotina, após a queda do avião com o time da Chapecoense. No treino desta quinta-feira, o técnico Jair Ventura, pela primeira vez esta semana, deu indícios da equipe que, no dia 11 de dezembro, vai enfrentar o Grêmio. Em General Severiano, ele apontou que Victor Luís deverá voltar à lateral esquerda e, Diogo Barbosa, ao meio-campo.

O treinador promoveu trabalhos físico, técnico e tático, dividindo o elenco o elenco em seis grupos. Além de serem cobrados pela manutenção da posse de bola, os jogadores se enfrentaram: uns protegiam, outros buscavam o gol.

Os principais marcadores foram Marcinho, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; enquanto Bruno Silva, Camilo, Diogo Barbosa, Rodrigo Pimpão e Sassá iam ao ataque. Emerson foi preservado e fez apenas atividades calçando tênis. Ele poderia entrar na zaga, no lugar do xará, ou na lateral direita.

Nos últimos momentos do treino, Emerson Silva deixou o campo, com dores no pé direito; Rodrigo Lindoso e Leandrinho chegaram a entrar no time principal, assim como Bochecha, entre os que defendiam.


Fonte: GE/Felippe Rocha/Rio de Janeiro (RJ)

Neilton está cada vez mais distante de permanecer no Botafogo em 2017


Permanência do atacante é cada dia mais difícil. Glorioso ainda não oficializou proposta por Neilton, que pertence ao Cruzeiro, embora interesse em tê-lo seja nítido e recíproco



Neilton deve ter vestido a camisa do Botafogo pela última vez contra a Ponte Preta (Foto: Celso Pupo/Lancepress!)

Um dos nomes importantes do Botafogo neste ano está com a permanência para 2017 cada vez mais dificultada. É Neilton, que já não poderá jogar na última rodada deste Campeonato Brasileiro - contra o Grêmio, em Porto Alegre - por estar suspenso. O atacante, que pertence ao Cruzeiro, ainda não recebeu uma proposta oficial para ser comprado pelo Glorioso.

Após o fim do Brasileirão é que o Glorioso saberá quanto vai investir. Não só em relação ao atacante, mas também a respeito de outros reforços que demandem um aporte financeiro. Por ora, foram contratados, em fim de contrato, o goleiro Gatito Fernández, que está no Figueirense, e Roger, atacante que jogou pela Ponte Preta em 2016 e balançou as redes 22 vezes.

Neilton pertence à Raposa e está no segundo empréstimo ao Glorioso. Antes, o Cruzeiro aceitou renovar o empréstimo ao Glorioso Desta vez, o clube mineiro pretende aproveitá-lo, e já há outros interessados no atleta de 22 anos.

Hamilton Bernard, empresário do jogador, esteve em General Severiano na última segunda-feira, mas não houve avanços em relação à negociação com o clube alvinegro. Neilton já declarou querer ficar no Botafogo, assim como o clube alvinegro. O problema é que os recursos financeiros da instituição são escassos – e isto não é novidade. Além disso, como o contrato do atleta com o Cruzeiro termina na metade de 2018, um novo empréstimo foi descartado em Belo Horizonte (MG). Ou será aproveitado ou será negociado em definitivo.

Para ficar com Neilton - que marcou 12 gols nesta temporada, sendo oito deles nesta edição do Campeonato Brasileiro - o Botafogo terá que agir. E logo.


Fonte: Lancenet/Felippe Rocha/Rio de Janeiro (RJ)