segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

CEP festeja volta à Libertadores, mas critica briga entre atletas: "Lamentável"


Presidente afirma que campanha do Botafogo calou os críticos, celebra sucesso da reestruturação do clube e promete medidas sobre confusão entre Airton e Sassá



Carlos Eduardo Pereira (Foto: Vitor Silva/
SSPress/Botafogo)
A vitória sobre o Grêmio e a classificação para Libertadores minimizaram o ocorrido, mas a  briga entre Sassá e Airton, que resultou na expulsão do volante, não passará impune. Do Rio de Janeiro, de onde acompanhou o jogo pela televisão, o presidente Carlos Eduardo Pereira prometeu medidas. O dirigente vai conversar com todos os envolvidos na confusão.


- O ocorrido foi, sem dúvida alguma, lamentável. Vou aguardar a volta da delegação, conversar pessoalmente com os envolvidos e certamente tomaremos medidas cabíveis. Não se pode admitir em hipótese alguma o que ocorreu – disse o presidente do Botafogo, em entrevista à Rádio Tupi.


Confusão à parte, Carlos Eduardo Pereira comemorou muito a classificação do Botafogo. Para ele, a quinta colocação no Campeonato Brasileiro calou os críticos.


- O sentimento é de afirmar o tamanho do Botafogo. Ao fazerem certas previsões as pessoas esquecem que é o clube que mais cedeu jogadores para a Seleção Brasileira em Copas do Mundo, teve Garrincha e Nilton Santos, tem essa camisa e essa estrela. Vem em processo de recuperação. Venceu a Série B, mostrou que foi acidente de percurso, e foi para a Série A sem medo. Hoje terminamos como a quinta melhor equipe do Brasileiro. Depois dessas reformulações que tivemos que fazer no meio do campeonato, temos certeza que a missão foi cumprida. Agora para o ano que vem temos uma nova tarefa, que é a Libertadores. É mais uma grande responsabilidade ter uma boa presença nessa competição.




Por fim, ainda em entrevista à Radio Tupi, Carlos Eduardo Pereira confirmou a renovação de contrato de Jair Ventura. O treinador terá um novo vínculo de dois anos.


- O Jair fica, continua conosco. O contrato dele deve ser assinado na próxima semana. Está tudo perfeitamente equacionado.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Rio de Janeiro