segunda-feira, 6 de março de 2017

Apesar da reclamação, Botafogo fica com mais dinheiro do que Fla e Flu na final


Botafogo fica com mais dinheiro do que Fla e Flu na final




O borderô da partida entre Flamengo e Fluminense mostra uma renda total de R$ 1.258.830,00, mas o melhor negócio do domingo foi para o Botafogo, que tem a concessão do Engenhão. O clube de General Severiano, apesar de todo o esforço para que a partida não fosse realizada no local e das reclamações de que o Maracanã teria condições de receber o confronto, abocanhou R$ 200.000,00 pelo aluguel do estádio, mais do que a quantia que os dois finalistas levaram para casa. Isso sem contar receitas de estacionamento e camarotes, 100% dos alvinegros, e bares - clube recebe uma porcentagem.

O time das Laranjeiras, campeão, levou R$ 183.358,05. O Flamengo, que ainda teve uma penhora de R$ 27.503,71 e arcou com a despesa de antidoping de R$ 6.680,00, ficou com R$ 149.174,35. A Ferj, por sua vez, ficou com R$ 121.377,00.

Um número que chama atenção é de confecção, venda e pré-venda de ingressos: R$ 138.871,70, mais até do que a despesa operacional do estádio: R$ 124.750,00. Ainda houve cobrança de R$ 20.000,00 de taxa de iluminação. O total gasto com segurança privada foi de R$ 51.000,00.


Fonte: GE/BASTIDORES FC/por Vicente Seda