sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Ronny é novidade do Botafogo em chegada a Chapecó


Meia, que tem somente duas partidas pelo clube e ainda não atuou no Brasileiro, passa a ser opção de Vagner Mancini contra a Chapecoense




Pouco antes das 19h desta sexta-feira o Botafogo chegou a Chapecó, onde no domingo enfrenta a Chapecoense, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. A novidade da delegação é o meia Ronny, que chegou ao clube no primeiro semestre, mas disputou somente duas partidas pelo Alvinegro – uma pela Libertadores e outra pelo Carioca – até sofrer uma lesão nos ligamentos do joelho esquerdo, que resultou numa cirurgia.

Atrás de Bolatti, Ronny chega ao hotel que hospeda o Botafogo em Chapecó. Novidade em jogo deste domingo (Foto: Gustavo Rotstein)
Com poucas opções pra o meio-campo ofensivo, o técnico Vagner Mancini decidiu apostar em Ronny, que ainda não disputou uma partida sequer pelo Campeonato Brasileiro. O jogador de 23 anos, que tem passagens por Figueirense e Palmeiras, ainda não está confirmado como titular contra a Chapecoense. Carlos Alberto e Ramírez, outros nomes do setor, não estão disponíveis.

O último jogo de Ronny foi em 2 de abril deste ano. Na ocasião, ele entrou no segundo tempo da derrota do Botafogo por 1 a 0 para o Unión Española, no Maracanã, pela Libertadores.

O Botafogo desembarcou no Aeroporto Municipal de Chapecó e deixou o local sem passar pelo saguão. O transporte até o hotel foi acompanhado por uma escolta particular. Logo após a chegada, o grupo jantou e subiu para os quartos para descansar. Na manhã deste sábado a equipe realiza um treino no CT da Chapecoense.

Penúltimo colocado do Brasileirão, com 33 pontos, o Botafogo corre o risco de ser rebaixado se perder para Chapecoense. Isso se o Vitória vencer o Figueirense, em Florianópolis, também no domingo. Mesmo se empatar ou vencer, o Alvinegro seguirá na zona de rebaixamento.

Por Gustavo RotsteinChapecó,SC/GE