domingo, 11 de janeiro de 2015

Jefferson aceita desafio e se credencia para se tornar maior goleiro da história do Botafogo



Camisa 1 é ídolo da torcida e ganhou ainda mais moral com a diretoria após renovação de contrato





Jefferson durante treino do Botafogo no Engenhão (Foto: Rossana Fraga/ LANCE!Press)
Jefferson já é ídolo da torcida
(Foto: Rossana Fraga/ LANCE!Press)
Ídolo da torcida e prioridade da diretoria, Jefferson aceitou o desafio de comandar – dentro de campo – o Botafogo na luta para voltar à elite do futebol brasileiro. O Paredão renovou contrato até 2017 e pode, na opinião de muitos alvinegros, vir a ser o maior goleiro da história do clube.

Em enquete no LANCE!Net, mais de 80% dos botafoguenses disseram que o camisa 1 pode, sim, assumir o posto de melhor goleiro de todos os tempos do Glorioso.

Com um papel de liderança interna muito importante, Jefferson tem o respeito de todo o elenco alvinegro. O atacante Sassá se mostrou muito satisfeito com a permanência do camisa 1 alvinegro.

– Jefferson é nosso exemplo, um líder, referência para os mais jovens. É um jogador de Seleção Brasileira e que dispensa comentários. Se eu for falar dele, vou ficar o dia inteiro falando – elogiou o companheiro.

O presidente Carlos Eduardo Pereira falou com muita satisfação sobre a permanência de Jefferson.
– Precisamos de um ídolo com identificação com o clube. Somos um time com tradição de ceder jogadores para a Seleção. Estamos felizes que ele aceitou a proposta – disse o mandatário ao “O Globo”.

Carlos Eduardo, aliás, já deixou claro que este será um ano muito complicado para o Alvinegro.
Ainda não se sabe se Jefferson vai conseguir levar o Botafogo de volta à Primeira Divisão. No entanto, é certo que ele já é um ídolo da torcida. Aceitar a jogar a Série B no auge da carreira, como titular da Seleção Brasileira, pode levá-lo a superar outros grandes goleiros da história do clube, como Manga, Cao, Paulo Sérgio, Ubirajara, Wendell, Zé Carlos, Borrachinha e Wágner.


Leia mais no LANCENET!