quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Time dos excluídos: grupo de 13 atletas treina em busca de novo clube


Formados na base, jogadores trabalham à espera de definição do futebol. Goleiros Milton Raphael e Luis Guilherme estão perto de acertar transferência




Fora dos planos do Botafogo, Sidney integra grupo que
treina separadamente (Foto: Luciano Belford / SSPress)
A torcida do Botafogo acompanha com ansiedade e expectativa o início da trajetória dos 11 reforços contratados até o momento, que integram a pré-temporada em Niterói (RJ). Mas ao mesmo tempo, um outro time completo trabalha longe dos holofotes. Fora dos planos de diretoria e comissão técnica, embora ainda com contrato em vigor, 13 atletas treinam separados do elenco principal à espera de um novo clube para jogar. Todos eles são formados na base alvinegra.

Daria para formar um time: os goleiros Luis Guilherme e Milton Raphael, os laterais Lennon, Guilherme e Renan Lemos, o zagueiro Matheus Menezes, os volantes Fabiano, Dill, Dedé, Lucas Zen e Sidney, e os meias Andrade e Jeferson Paulista treinam no diariamente no Engenhão e aguardam uma definição sobre o futuro. Quase todos já tiveram passagens pela equipe profissional. As exceções são Andrade e Dill. Os dois nunca jogaram pelo time principal, mas estouraram a idade dos juniores.

Até o momento, apenas o goleiros têm situações encaminhadas. Luis Guilherme deve ser emprestado ao Bonsucesso para a disputa do Campeonato Carioca, enquanto Milton Raphael pode ser envolvido no acerto com Pimentinha e deve ser emprestado por um ano ao Sampaio Corrêa. Ele retornou de empréstimo após ser um dos destaques do Macaé na conquista do título do Campeonato Brasileiro da Série C em 2014.

O Botafogo também vê o empréstimo dos jogadores como uma forma de os mais jovens ganharem experiência e rodagem, uma vez que em outros clubes possivelmente terão mais chances de atuar.

Entre os atletas que não serão aproveitados por René Simões, Lucas Zen é quem recebeu mais chances no Botafogo. Em 2010, o volante subiu para a equipe principal com o técnico Joel Santana. No ano seguinte, ele se firmou como titular com Caio Júnior. Em 2012, também ficou no time até sofrer uma grave lesão. No entanto, o jogador, de 23 anos, perdeu espaço nos últimos anos e foi emprestado ao Vitória na temporada passada. Ele pouco jogou na Bahia.

Se por um lado o clube pretende emprestar os jovens não aproveitados por René, outros atletas formados no clube estão nos planos para a temporada. Os goleiros Andrey e Renan, o lateral Gilberto, o zagueiro Igor Rabello, o volante Andreazzi, o meia Gegê e o atacante Sassá. Além deles, o lateral-esquerdo Jean, o volante Fernandes e o atacante André foram integrados ao elenco profissional neste ano.

Por Gustavo Rotstein e Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE