quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Bill supera problema fora do campo e confirma a boa fase no Botafogo


Depois de conviver com risco de prisão, por causa do não pagamento de pensão alimentícia, camisa 9 marca mais um gol e chega a quatro nos últimos três jogos



Bill chegou ao quarto gol nos últimos três jogos pelo Botafogo. Além disso, foi dele o passe para Jobson marcar o segundo gol da vitória por 3 a 0 sobre o Friburguense (assista aos gols no vídeo abaixo). A partida da última quarta-feira foi, então, o desfecho perfeito para alguém que viveu uma semana conturbada, depois da notícia de que a Justiça chegou a pedir sua prisão por não pagamento de pensão alimentícia de dois filhos com a ex-mulher. Ele e seu advogado negam, alegando que os valores cobrados ainda são discutidos judicialmente.



Desde quando o caso veio à tona, Bill tem mostrado que sabe lidar com a situação. Em campo, comprovou que não deixou seu foco ser desviado pelo que acontece fora dele. Logo aos seis minutos apareceu em boas condições para receber o passe de Jobson e tocar com categoria, abrindo o placar para o Botafogo. No segundo tempo ele retribuiu, fazendo o cruzamento para o companheiro de ataque marcar de cabeça o segundo gol alvinegro.

– O que aconteceu não me abalou em nada. Já falei o que tinha que falar sobre isso. Agora só penso no futebol, que é o mais importante – disse.

Após passar em branco nas primeiras duas partidas oficiais do ano, Bill compensou a seca inicial e chega ao fim da quinta rodada do Campeonato Carioca com a média de quase um gol por jogo. Segundo ele, o auxílio dos demais jogadores tem sido determinante para que tenha deslanchado.

– Atribuo isso à ajuda dos meus companheiros. Sem eles eu não estaria fazendo o que estou fazendo hoje. Todo o grupo tem se dedicado ao máximo, está lutando para apresentar um bom futebol – observou.

Acompanhado por Jobson, Bill corre para comemorar o primeiro gol do Botafogo (Foto: Vitor Silva / SS Press)
Dos últimos três gols marcados por Bill, dois tiveram a assistência de Jobson. O camisa 9 mostrou-se satisfeito com a parceria com o substituto de Rodrigo Pimpão e espera que o companheiro possa continuá-lo ajudando a alcançar a meta de 30 gols na temporada.

– O Jobson disse que vai me deixar rico este ano. Parabéns a ele pelo bom futebol que vem mostrando, está nos ajudando muito. Também fiquei feliz pela oportunidade de servi-lo – destacou Bill.


Por Gustavo Rotstein Nova Friburgo, RJ/GE