sábado, 28 de fevereiro de 2015

René valoriza elenco, mas ainda quer jogador de velocidade no grupo


Após frustração com Pimentinha, técnico mostra confiança em setor ofensivo, aposta em Tomas na criação, e Fernandes se anima com bom momento no Bota



Para René, clássico contra o Fla será fundamental
para crescimento de Tomas (Foto: Marcelo Baltar)
Foi uma novela até que o Botafogo confirmasse a ida de Pimentinha para General Severiano. Três semanas depois, e sem disputar nenhuma partida, o jogador deixou o Alvinegro. O motivo apresentado pela diretoria foi uma lesão no púbis e o fato de o atacante ter-se negado a realizar exames mais amplos - a contratação não seria, na visão do presidente, vantajosa neste momento. O técnico René Simões não escondeu a frustração por não ter a chance de trabalhar com o atleta, mas optou por valorizar o elenco, sobretudo o setor ofensivo.

Tomas é um deles. Atuou em cinco dos sete jogos disputado pelo Botafogo no Campeonato Carioca - quatro vezes como titular. Por ter sido uma das últimas contratações para a temporada, o próprio armador já afirmou que ainda passa por um processo de evolução e que tem mais coisas para apresentar em campo. Para René, o clássico será crucial para o crescimento do ex-Boa Esporte no time.

- Eu espero que ele vá muito bem nesse jogo. Tem a evoluir, acreditamos no potencial dele. Foi o caso do Jardel, do Pimpão. No começo, falaram que o Botafogo contratou errado. Depois, eles mostraram que não foi isso. Daqui a pouco ele (Tomas) se ajusta, fazendo gol, batendo falta. Tem muito potencial - afirmou.

Fernandes luta para se manter aos olhos da
comissão alvinegra (Foto: Satiro Sodré/SS Press)
Enquanto Tomas é uma das principais opções de René na equipe principal, Fernandes luta para se manter aos olhos de toda a comissão alvinegra. Está dando certo. O jovem de 19 anos já marcou um gol nesse Campeonato Carioca, e o Botafogo encaminhou a renovação com o volante, recém-promovido ao time profissional. Pela primeira vez, ele será relacionado para uma partida no Maracanã. Fernandes agradeceu a oportunidade e se diz bastante motivado.

- É um momento único na carreira de qualquer atleta. Relacionado para o meu primeiro jogo no Maracanã, logo contra o Flamengo, no dia do aniversário da cidade. Não tem preço. Não posso mentir, é claro que bate aquele friozinho na barriga. De qualquer forma, é algo normal e que não atrapalha. Pelo contrário, só me motiva mais a realizar este sonho e poder ajudar o Botafogo a sair com um excelente resultado neste clássico. Estou preparado e confiante - disse.

Confiante no elenco, René Simões está. Mas o técnico não descarta a contratação de um "jogador de velocidade" - função que seria de Pimentinha - para o restante da temporada.

- Nós queremos um jogador de velocidade. Se descobrirmos algum, vamos trazer.

Botafogo e Flamengo se enfrentam neste domingo, dia do aniversário de 450 anos da cidade do Rio de Janeiro. O clássico será realizado no Maracanã, às 16 horas (de Brasília). O Alvinegro ocupa o primeiro lugar do Campeonato Carioca, com 16 pontos, e defende a liderança do rival rubro-negro, que possui 14 pontos.

Por Sofia Miranda e Vicente Seda Rio de Janeiro/GE