domingo, 1 de março de 2015

Festa e rivalidade: Bota e Fla disputam ponta do Carioca nos 450 anos do Rio


Palco do clássico, Maracanã terá banda, ídolos do passado, entre outras atrações. Em campo, equipes vão em busca da liderança, momentaneamente com o Vasco




Montagem do GE
A data é festiva, mas a partida entre Botafogo e Flamengo vale muito. No dia em que o Rio de Janeiro completa 450 anos, o Maracanã será palco de grande evento comemorativo. E nada mais apropriado que um clássico para a cidade que tem o futebol em suas entranhas. Além da preliminar sub-20, o pré-jogo deste domingo terá a banda Bangalafumenga tocando "Cidade Maravilhosa", e os dois clubes levarão ídolos do passado ao estádio, entre outras atrações. Logo depois, Bota e Fla entrarão em campo para ir em busca da liderança do Campeonato Carioca, que está nas mãos do Vasco após a vitória sobre o Bangu no sábado. Com segurança reforçada no Maior do Mundo, os portões abrem às 13h, a preliminar começa às 13h45, e o esperado duelo pela ponta do estadual tem início previsto para as 16h (de Brasília). Até a noite de sábado, 27.705 ingressos tinham sido vendidos.

A partida é encarada do lado alvinegro como verdadeiro teste para as pretensões da equipe não só no estadual, como ao longo da temporada. Após o difícil ano de 2014, o Botafogo remontou seu time, que ainda não tem o entrosamento, por exemplo, do rival de logo mais. Porém, os bons resultados iniciais têm animado a equipe de René Simões, que chegou à liderança da competição após vencer o Nova Iguaçu por 2 a 1 na última rodada. O treinador, no entanto, deixou o treinamento de sábado preocupado com a situação do atacante Bill, artilheiro do time com quatro gols, que é dúvida para o clássico.

Para retomar a liderança do Carioca, o Flamengo precisa vencer e torcer para que o Volta Redonda não aplique uma goleada histórica sobre o Boavista fora de casa. O clube que tem a maior torcida do Rio preparou uma homenagem à cidade: deve estrear no clássico a nova terceira camisa, que contém a inscrição "Rio de Janeiro 450 anos". O uniforme, por sinal, remete ao papagaio-de-vintém, o primeiro usado pelo Rubro-Negro. Em campo, Luxemburgo não terá o machucado Everton. Em compensação, contará com a boa fase de Marcelo Cirino, que tem quatro gols na competição e foi até desafiado por Bill, do Botafogo. Os dois mais Hugo, do Volta Redonda, estão empatados como vice-artilheiros, atrás de Fred, do Fluminense, que tem cinco. E será ainda o último jogo de campeonato de Léo Moura pelo Flamengo. O lateral-direito terá um amistoso de despedida na próxima quarta, contra o Nacional-URU, antes de ir para o Fort Lauderdale Strikers-EUA. Contra o Glorioso, deve ser titular.

Péricles Bassols apita o jogo auxiliado por Dibert Pedrosa e Rodrigo Figueiredo Corrêa. A TV Globo transmite a partida para os estados do RJ, ES, TO, SE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e o Distrito Federal com narração de Luis Roberto e comentários de Júnior, Juninho Pernambucano e Arnaldo Cézar Coelho. O Premiere também mostra, com narração de Luiz Carlos Júnior e comentários de Roger Flores e Lédio Carmona. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos. Após a partida, participe da cobertura comentando a atuação das equipes alvinegra e rubro-negra na página do seu clube de coração.




Botafogo: Com dores na coxa, Bill abandonou o treinamento de sábado e é dúvida. René Simões não deu pistas em que poderá ocupar o setor, caso o centroavante não jogue. O time conta com o retorno de Diego Jardel. A provável escalação: Jefferson, Gilberto, Roger Carvalho, Renan Fonseca e Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Diego Jardel e Tomas; Jobson e Bill (Sassá).

Flamengo: a grande dúvida é em relação ao substituto de Everton, que está tratando um edema na coxa esquerda. O mais cotado é Eduardo da Silva, mas Vanderlei Luxemburgo pode optar por Alecsandro, deslocando o absoluto Marcelo Cirino do centro para a ponta. Gabriel e Nixon disputam a outra vaga no ataque, com vantagem para o segundo. O capitão Léo Moura deve ser titular na lateral direita, com Pará na esquerda, em sua última partida de campeonato pelo clube. O time titular, portanto, deve ter Paulo Victor, Léo Moura, Wallace, Samir e Pará; Márcio Araújo, Canteros e Arthur Maia; Eduardo da Silva, Nixon e Marcelo Cirino.




Botafogo: Rodrigo Pimpão segue entregue ao departamento médico. Lucas Zen, Dankler e Cidinho fazem trabalho de recondicionamento físico.

Flamengo: o meia-atacante Everton está com um edema na coxa esquerda, o volante Cáceres sofreu um trauma no pescoço no último jogo, o lateral-esquerdo Anderson Pico se recupera de uma lesão no menisco externo do joelho direito, e o atacante Paulinho passou por cirurgia delicada no joelho direito no ano passado e só deve voltar a atuar em março.



Botafogo: Sassá e Roger Carvalho estão com dois cartões amarelos.

Flamengo: Arthur Maia será suspenso se receber mais um cartão amarelo.

Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro/GE