domingo, 23 de agosto de 2015

Ricardo elogia postura, mas admite erros defensivos crucais: "Três vacilos"


Técnico afirma que Botafogo "jogou futebol" diante do Paysandu e condena não marcação de dois pênaltis. Glorioso perde a chance de assumir a ponta da Série B



Ricardo Gomes enxergou o Botafogo competitivo
 (Foto: Dhavid Normando/Futura Press/Estadão Conteúdo)
O Botafogo perdeu neste sábado dentro de casa a chance de assumir a ponta da Série B do Brasileirão. Diante de um Paysandu do "elétrico" Yago Pikachu, o alvinegro acabou não sendo perdoado por dois apagões dentro da partida - um em cada tempo. Chamado de burro por parte dos 23 mil torcedores que foram ao Engenhão após sacar Neilton, Ricardo Gomes afirmou que se sentiu "homenageado" com os gritos e que o Botafogo jogou futebol no duelo. A crítica mesmo ficou em cima dos erros defensivos.


- Foi uma grande festa da torcida. Perdemos, mas jogamos futebol. É claro que tivemos erros defensivos. Foram três vacilos. Temos que melhorar. Mas no primeiro tempo tempo tivemos chances claras e não concluímos bem. É claro que estou triste, mas jogamos futebol. O Paysandu é um time organizado e padronizado. São situações do futebol. Jogamos bem, mas tivemos nossos erros defensivos e por isso não ganhamos. (A vaia) Faz parte do futebol. Foi uma "homenagem", agradeço - disse.

Ricardo Gomes também ficou na bronca com a arbitragem. Na visão do técnico, dois pênaltis não foram marcados em favor do Botafogo. Neilton e Luis Henrique se envolveram em lances polêmicos. Apesar disso, o comandante não enxergou o resultado de 3 a 2 como sendo injusto.

- Foram dois pênaltis. Um do Neilton, outro no Luis Henrique. Mas não existe a palavra injustiça no futebol. Isso é coisa do jogo. Quando fizemos 2 a 1, achei que fôssemos virar. Mas o Paysandu marcou logo na saída de bola. Estávamos organizados naquele momento, perdemos quase 10 minutos para nos reencontrar. Com o pênalti no Luis Henrique empataríamos o jogo - opinou o técnico.


O Botafogo só volta a entrar em campo na próxima sexta-feira para enfrentar o CRB, em Maceió, pela 21ª rodada da Série B. A derrota deste sábado manteve o Glorioso na vice-liderança da competição.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE