quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Bota negocia patrocínios "longos" e espera fechar até fim de novembro


Nenhuma empresa ocupou o espaço master da camisa em 2015, com o fim de antiga parceria. Clube quer manter os patrocínios pontuais para o próximo ano




Botafogo negocia com "três a quatro" empresas
 para patrocínios de longo prazo para ano que vem
 (Foto: Editoria de Arte)
O ano de 2015 ainda não acabou, mas o Botafogo já trabalha para que o ano de 2016 seja melhor financeiramente para o clube. A começar pelos patrocínios. O clube está negociando com até quatro empresas para firmar contratos longos a partir da próxima temporada. O espaço master ainda está sem dono. O Botafogo estampa seu programa de sócio-torcedor no local desde o começo de fevereiro, quando se encerraram as negociações com a Viton 44 para renovação - desde 2011 e até então, a principal patrocinadora.


De acordo com o diretor comercial Klay Salgado, parte das empresas em conversa já patrocinaram o Botafogo em outras ocasiões e parte nunca teve sequer relação com o futebol.


- Estamos negociando com três a quatro empresas, tentando fechar até fim de novembro algum patrocínio mais longo para o Botafogo, uma vez que, com essa situação econômica que o nosso país está vivendo, a coisa está bem complicada e para o futebol não será diferente. Hoje você tem dois grandes patrocinadores, que é a Caixa Econômica Federal e o nosso antigo patrocinador (Viton 44) e mais ninguém investindo forte. Estamos negociando com algumas que já tiveram algum tipo de patrocínio com o Botafogo e outras que nunca tiveram nem com o Botafogo e nem com o futebol - explicou.
Em patrocínio da "Liquidação Maluca", produto
 anunciado chegou a mudar de preço no intervalo
 do jogo (Foto: Reprodução / Twitter)
Sobre a Caixa, aliás, o Botafogo não pode iniciar uma negociação com o banco nem com nenhuma empresa pública por não ter a certidão negativa de débito. A CND é um documento emitido pela Secretaria da Fazenda dando prova de que não existem pendências e débitos tributários do contribuinte. O Alvinegro espera resolver todas as pendências necessárias nos próximos meses e ter acesso à certidão nos próximos 120 dias.


Atualmente, o Botafogo tem três patrocinadores: Guaramix, 99 Taxis e Voxx. A intenção do clube é mantê-los também para o próximo ano. A única que conta com um contrato mais longo é a Voxx Suplementos, que estampa sua marca nas mangas da camisa. Em junho deste ano, a parceria foi prorrogada por mais três anos. As demais encerram-se em 31 de dezembro.


Outro ponto que voltará a ser explorado pelo Botafogo em 2016 é o patrocínio pontual, assim como foi realizado nas partidas do Campeonato Carioca neste ano. Cerca de uma dezena de empresas investiu pontualmente no Alvinegro. O patrocínio prolongado da Guaramix e do 99 Taxis, inclusive, veio apenas depois que ambas fizeram tal acordo. O caso que gerou mais repercussão foi o da "Liquidação Maluca", da Casa & Vídeo, quando produtos eram anunciados com seus preços na camisa.


- Vamos manter os patrocínios pontuais. As pessoas demoraram um pouco a entender o que era feito naquela época, tratando até com certa depreciação, o que é uma coisa totalmente errada. O patrocínio pontual deve permanecer e deve até crescer. O Santos usou na partida contra o Flamengo, no Brasileirão, partida de grande exposição, usou sete patrocinadores. Não é depreciação nenhuma, ele é muito utilizado já na Europa e, nós do Botafogo, certamente continuaremos usando para o ano que vem - disse.

Por Jessica Mello Rio de Janeiro/GE