segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Neilton vive melhor fase, mas salário deve impedir sequência no Botafogo


No Alvinegro, atacante tem melhor média de gols da carreira. Clube, que paga apenas 25% dos vencimentos, tem interesse em mantê-lo, mas admite dificuldades



Contratado no final de julho, Neilton vive sequência inédita no Botafogo. Pela primeira vez na carreira, o atacante é titular absoluto. As estatísticas comprovam o bom momento. Em dez jogos com a camisa alvinegra, foram quatro gols. Números superiores aos que o atacante, de 21 anos, obteve por Santos e Cruzeiro.




Neilton tem contrato até o fim da Série B, e o bom desempenho fez com que o Botafogo se interessasse em mantê-lo para a próxima temporada. O principal impasse, no entanto, é o salário do atleta. Atualmente, o clube carioca arca com apenas 25% dos vencimentos, que cabem dentro do teto estipulado pela diretoria. O restante é responsabilidade do Cruzeiro, que detém os direitos federativos de Neilton. O vínculo do jogador com a Raposa vai até o fim de 2018.

- O Neilton vem bem, mas o principal empecilho é o salário. O Cruzeiro paga a maior parte. É uma diferença muito grande. O interesse sempre existe, mas precisamos conversar nesse sentido. A diretoria vai se reunir nessa semana para analisar alguns casos para a próxima temporada - disse o vice presidente de futebol do Botafogo, Antonio Carlos Azeredo.

Neilton marcou quatro gols na Série B (Foto: Vitor Silva / SSPress)
Devido à rápida adaptação de Neilton ao Botafogo, o empresário do atacante, Hamilton Bernard, vê com bons olhos uma eventual permanência no clube carioca. Apesar da questão salarial, o agente acredita em uma definição ainda em outubro.





- Não foi estipulado opção de compra, mas deixamos em aberto a possibilidade de uma renovação do empréstimo para 2016, até porque sempre apostamos na ascensão do Botafogo. No decorrer deste mês decidiremos o futuro do atleta para o próximo ano – frisou Hamilton Bernard.

Alheio às negociações, Neilton comemora o bom momento pelo Botafogo, que vem sendo coroado com gols. Na última sexta-feira, o atacante marcou contra o Sampaio Corrêa o seu primeiro gol de cabeça na carreira. (veja no vídeo acima)

- Fiquei chateado pelo resultado no fim. Mas o empate não foi tão ruim e fiquei muito feliz pelo gol. Principalmente por ter sido o meu primeiro de cabeça como profissional.

Com vários atletas com contrato até o fim do ano, o Botafogo já definiu os primeiros alvos. O clube corre para renovar com Willian Arão, Renan Fonseca, Elvis, Carleto e Navarro.


Por Marcelo BaltarRio de Janeiro/GE