segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Goleiro Renan chega a acordo com o Botafogo e não fica em 2016


Formado na base do clube, jogador mais antigo do atual elenco deixa o Alvinegro após sete anos e 130 jogos disputados





Renan não fica no Botafogo em 2016
(Foto: Vitor Silva / SSPress)
Jogador mais antigo do atual elenco,Renan está fora do Botafogo. Em comum acordo com a diretoria, o goleiro de 26 anos decidiu não renovar seu contrato, que vence no próximo dia 31. É o fim do ciclo do jogador dos profissionais com mais tempo de clube, com 130 partidas disputadas.


- Vinha conversando com a diretoria do Botafogo e decidimos não renovar o vínculo dessa vez. Todos sabem do carinho que tenho pelo clube e de como adoro trabalhar todos os dias ali. Mas preciso pensar em minha carreira, ter possibilidade de atuar mais. Só tenho o que agradecer por tudo o que o Botafogo fez por mim e pela minha família. Nunca esquecerei o que vivi e aprendi no Botafogo. Quem sabe um dia nos encontramos novamente - disse Renan.


Promessa das categorias de base desde que foi observado pelo Botafogo quando atuava no CFZ, Renan foi promovido aos profissionais do Alvinegro em 2008, antes de completar 19 anos. E não demorou muito para ter suas primeiras chances como titular. Ele foi escalado para atuar na fase decisiva do Campeonato Carioca daquele ano e se manteve em boa parte do Brasileirão.


No segundo semestre do ano seguinte, Renan foi para o banco com a chegada de Jefferson. O goleiro ficou como a segunda opção nas temporadas seguintes, até que em 2014 deixou claro para a diretoria que gostaria de buscar novos rumos.


A partir de então ficou fora até mesmo do banco de reservas. Mesmo depois que as negociações não evoluíram, seguiu afastado pelo técnico Vagner Mancini , mas voltou a ser reserva imediato de Jefferson com a chegada de René Simões.

Renan fez grandes partidas no Campeonato Carioca e atuou algumas vezes no Brasileiro. O goleiro foi procurado pela diretoria para renovar, mas ficou de analisar a proposta de acordo com seus planos para o futuro. A negociação esfriou quando ele perdeu a camisa 12 para Helton Leite, com a chegada de Ricardo Gomes.


Assim, Renan e a diretoria chegaram ao entendimento de que seria melhor não renovar o vínculo. O goleiro teria sondagem do Besiktas, da Turquia.


Por Gustavo Rotstein Rio de Janeiro/GE