quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Ídolos de 95 se reencontram e revivem histórias em General Severiano


Sede social do Botafogo foi aberta aos torcedores, que movimentaram o salão em busca de fotos e autógrafos dos atletas campeões brasileiros há 20 anos






Túlio Maravilha, o jogador mais assediado por parte dos torcedores.
Todos queriam uma foto com o artilheiro (Foto: Jessica Mello)
Em 17 de dezembro de 1995, Túlio Maravilha marcava um gol, Wagner defendia tudo, e o Botafogo empatava em 1 a 1 com o Santos no Pacaembu, resultado o suficiente para se tornar campeão brasileiro daquele ano. Em 17 de dezembro de 2015, os heróis daquela conquista se reuniram, como se fosse há 20 anos, para confraternizar e festejar o título. General Severiano foi aberta aos torcedores, que compareceram ao evento realizado na sede em busca de fotos e autógrafos dos ídolos.


Nem todos os atletas da campanha puderam comparecer, mas todos os que marcaram presença foram amplamente comemorados pelos torcedores, que souberam reconhecer os feitos de cada um. Túlio Maravilha e Donizete, no entanto, eram os mais assediados.


- Nosso lema era "um por todos e todos por um" e jogar com amor à camisa. Algo que falta no futebol hoje em dia. Atletas que joguem com amor à camisa e que comam grama, literalmente, pelo time. Eu comi. E estava gostoso. Gosto de campeão - brincou o artilheiro Túlio.

Paulo Autuori assina camiseta de torcedor em festa em General Severiano (Foto: Jessica Mello)

O reencontro dos ex-companheiros após 20 anos trouxe de volta à memória de cada um deles as lembranças daquele ano de 1995. Ou, como Donizete se referiu, "altas fofocas".


- Fofoca toda voltando. Altas fofocas. O Túlio é muito engraçado. Fico viajando na maionese com ele. Estamos muito felizes - descontraiu, aos risos, o Pantera.


Mesmo sentimento compartilhado por Wilson Goiano. O lateral mora em Goiânia há anos e pouco se desloca a outros lugares do país. Assim, vários jogadores daquela conquista ele nunca mais viu. Nesta quinta-feira, pode reencontrá-los.


Wilson Goiano e Iranildo: reencontro dos amigos e
ex-companheiros após 20 anos (Foto: Jessica Mello)
- Emoção em todos os sentidos. Jamir, Iranildo, Moisés... eram jogadores que eu nunca mais tinha visto. Moro em Goiânia, saio pouco. Tinha tempo que não via essa galera. Mas quando a gente vê um ou outro já passa todas as histórias na nossa cabeça. Cada personagem desses aí vem um filme. As brincadeiras, os momentos que tivemos juntos. Era um grupo muito forte, de muita amizade e de superação. Cada cumprimento, cada abraço, vem muitos episódios na cabeça da gente. Parece que estivemos sonhando - afirmou.


Os atletas tiveram uma área reservada no salão para a confraternização. Mas a maioria acabou circulando entre os torcedores. Em determinado momento da noite, todos se reuniram em volta da taça de 95, junto do técnico Paulo Autuori e do presidente da época Carlos Augusto Montenegro. O suficiente para gerar uma aglomeração intensa da torcida em busca de um registro.


- É campeão! É campeão! - gritaram os torcedores, como forma de homenagear os ex-atletas.


- Ninguém é sozinho. Existe um grupo de pessoas, um momento, uma circunstância. Claro que tive participação por fazer aquele grupo, totalmente audacioso, ousado, talhado para superar adversidades e desconfianças. Porque, naquela época, ninguém acreditava que o Botafogo poderia ser campeão. Dificuldades eram grandes, não tinha lugar para treinamento, time foi-se formando ao longo do campeonato, completamente desacreditado. Não adianta você passar uma mensagem se as pessoas que estão sendo lideradas não estiverem receptivas a ouvir. Grande lance de um treinador é fazer com que o grupo de jogadores acredite na mensagem, e aquele grupo estava completamente aberto - relembrou Autuori.


O evento em General Severiano marcou ainda o lançamento e sessão de autógrafos do livro "95 - A Tua Estrela Brilha", de Claudio Portella e Rafael Casé.

A cada foto tirada por Wagner, o ex-goleiro escutava suas façanhas e grandes defesas (Foto: Jessica Mello)

Por Jessica Mello Rio de Janeiro/GE