quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Reunião com o Botafogo na próxima semana deve selar o futuro de Navarro


Impasse salarial emperra renovação, mas atacante, que embarca nesta quinta para o Uruguai, reforça deseja de seguir no clube: “Quero ficar. Eu me sinto muito cômodo"






Outrora avançada, a renovação de Navarro a cada dia é tratada com mais pessimismo pelo Botafogo. A negociação está travada por conta do acerto salarial. Ele e a direção alvinegra tentam chegar a um acordo. O cenário é difícil, e o clube espera uma resposta do empresário do atacante, Gerardo Cano, que está na Europa e há algum tempo não faz contato. Os dirigentes ainda não desistiram e pensam em alternativas caso ele não fique. Um encontro está previsto para a semana que vem.

Navarro, no entanto, não esconde seu desejo. Além do carinho pelo clube, a adaptação da família ao Rio de Janeiro pode pesar na decisão. O filho de sete anos está entusiasmado com a cidade. E apesar do impasse salarial, o uruguaio reforça que pretende ficar.

- Eu quero ficar. Eu me sinto muito cômodo aqui, tanto dentro como fora do campo. A família, a torcida, o carinho que vinha jogo a jogo é muito lindo pra mim. Acredito que se resolva até a próxima semana - disse Navarro.

Com futuro indefinido, Navarro embarca nesta quinta para o Uruguai (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Sobre a dificuldade de chegar a uma definição financeira, o atacante minimiza.

- Acredito que é próximo o que eu peço e o que eles ofereceram - comentou.

A negociação se arrasta. Em outubro, o Botafogo apresentou proposta de dois anos de contrato. O representante do jogador demorou a responder, o que gerou certa apreensão. Quem conduz as negociações são o presidente Carlos Eduardo Pereira e o diretor jurídico Gustavo Noronha. Os dois também foram os responsáveis pela contratação do atacante.

Navarro tem propostas do exterior. A melhor delas é do Jaguares-MEX. De férias, o jogador embarca para o Uruguai nesta quinta-feira.


Por Gustavo Rotstein, Marcelo Baltar e Richard Souza Rio de Janeiro/GE