sábado, 16 de janeiro de 2016

Sem Ricardo Gomes, Botafogo treina finalizações, e zagueiros se destacam


Carli, Renan Fonseca, Emerson e Emerson Silva se dão bem nos arremates na área. Machucado, Airton faz trabalho em campo, e Lindoso segue fazendo trabalho à parte





Luiz Otávio comandou o treinamento no lugar de
 Ricardo Gomes (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
Precisando de centroavante? O Botafogo agora sabe que, em qualquer emergência, pode até improvisar seus zagueiros na área porque o caminho da rede eles conhecem. Sem Ricardo Gomes na área - o técnico voltou para o Rio de Janeiro para acompanhar a formatura da filha no curso de Engenharia -, não houve coletivo. O sábado foi de trabalhos táticos comandados pelo auxiliar técnico Luiz Otávio na pré-temporada do clube em Domingos Martins, região serrana do Espírito Santo. Incluindo um treino de finalização onde quem mais se destacou foram os defensores. Joel Carli, Renan Fonseca, Emerson e Emerson Silva mostraram categoria nos arremates, com a cabeça e os pés, e marcaram vários gols no CT do Hotel Fazenda China Park.


Dos que se machucaram na última sexta, apenas Airton apareceu em campo para caminhadas ao lado do preparador físico Alex Rites, enquanto Neilton trabalhou apenas na academia. O clube informou que a dupla não sofreu lesão, somente dores musculares, nada de mais grave, e que deve voltar aos treinos normais durante a semana. Quem segue trabalhando à parte é Rodrigo Lindoso. Com desconforto muscular, ele vem se exercitando no gramado sob os cuidados do preparador Emilio Faro. Os três que estão no departamento médico são cotados como titulares, mas ainda não tem presença garantida no jogo-treino de quarta-feira, contra Rio Branco de Venda Nova.

Emerson Silva também marcou gol de cabeça no treino de finalização deste sábado (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Apesar do tempo frio na cidade capixaba, muitos "hóspedes-torcedores" voltaram a prestigiar o treinamento do time. Mais de 50 pessoas acompanharam a atividade da tarde e aplaudiram os jogadores, principalmente Jefferson. O goleiro retribuiu o carinho do público ao final do treino e foi para o meio da galera distribuir autógrafos e tirar fotos. O assédio foi tanto que o ídolo alvinegro levou quase 15 minutos para atender todo mundo. O Botafogo volta ao batente na manhã deste domingo, novamente no hotel, e à tarde o elenco ganhará folga.


Por Thiago Lima/Domingos Martins, ES/GE