sábado, 25 de junho de 2016

Ricardo arma Botafogo com Camilo e Ribamar e mantém dúvida no meio


Em treino fechado, técnico praticamente define escalação para encarar Internacional e leva apenas uma incerteza para jogo: Yaca, Fernandes ou Victor Luis improvisado?




Ricardo Gomes deixou para armar o time do Botafogo que enfrenta o Internacional na manhã deste sábado, em um treino fechado para a imprensa em General Severiano. Na atividade, praticamente definiu a escalação, promovendo a estreia de Camilo como titular e a volta de Ribamar ao ataque depois te ter perdido espaço nos últimos jogos - a última vez que o jovem de 19 anos começou uma partida foi no empate por 1 a 1 com o Vitória, no dia 12 de junho. Recuperado de lesão, Carli está confirmado no banco, e o comandante tem apenas uma dúvida na equipe: quem será o terceiro homem do meio de campo? Gervasio "Yaca" Núñez, Fernandes e Victor Luis, improvisado, são os candidatos.


Vice-artilheiro do Bota em 2016 com 4 gols, Ribamar volta ao comando de ataque (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)


O lateral-esquerdo já jogou no meio durante o segundo tempo da derrota por 3 a 1 para o Corinthians, na Arena Corinthians, e voltou a ser testado na posição. Nesse esquema, ele compõe o lado esquerdo do losango, fechando mais a marcação. Fernandes também seria para priorizar a parte defensiva por ser volante, apesar de ter bom passe e saber distribuir o jogo. Enquanto Yaca seria uma opção mais ofensiva e tem mais chances de entrar no segundo tempo se Camilo cansar. O provável time tem Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Victor Luis (Fernandes ou Yaca) e Camilo; Ribamar e Neilton (Luís Henrique).


Sassá pela primeira vez foi a campo nesta semana, mas fez trabalho à parte e segue fora do time por causa de dores musculares. Dudu Cearense, com um problema no joelho, também correu no gramado, mas não tem previsão de volta. O Botafogo é o 19º colocado do Campeonato Brasileiro com nove pontos, mesma pontuação de Coritiba e Sport, que estão à frente nos critérios de desempate. Pressionado por resultados, o Alvinegro volta a campo neste domingo, às 16h (de Brasília), para enfrentar o Internacional no Beira-Rio.


Fonte: GE/Por Thiago Lima/Rio de Janeiro