quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Cruzeiro vence Botafogo novamente e está nas quartas da Copa do Brasil


Vitória por 1 a 0 foi construída com um gol de Bruno Rodrigo, aos 36 do primeiro tempo. Resultado agregado das oitavas foi de 6 a 2 para o time mineiro



Nada de surpresas e reviravoltas no Mineirão. O Cruzeiro confirmou a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, ao vencer o Botafogo por 1 a 0, gol de Bruno Rodrigo, na noite desta quarta-feira. Como havia vencido a primeira partida, há três semanas, por 5 a 2, no Rio de Janeiro, o time mineiro entrou tranquilo em campo, podendo perder por dois gols de diferença. O Botafogo já havia jogado a toalha, antes mesmo do começo da partida. Começou com apenas três titulares, sabendo que a missão era quase impossível.


Cruzeiro confirma favoritismo, vence Botafogo e passa às quartas da Copa do Brasil (Foto: Washington Alves/ Lightpress)

O jogo foi lento e disputado em ritmo de amistoso. O público foi pequeno, mas os 10.604 que pagaram ingresso e proporcionaram renda de R$ 176.106,00, fizeram festa e comemoraram a classificação do Cruzeiro, que segue firme na luta pelo penta da Copa do Brasil.


O Cruzeiro agora espera o sorteio para conhecer o adversário das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Campeonato Brasileiro, os dois times voltam a jogar no final de semana. O Botafogo permanece em Belo Horizonte, onde enfrenta o América-MG, sábado, às 21h (de Brasília). O jogo será no Independência. O Cruzeiro pega outro carioca, o Flamengo. A partida será domingo, às 16h, no Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. 


Bruno Rodrigo fez o gol do Cruzeiro,
 no Mineirão (Foto: Washington
 Alves/ Lightpress)
O jogo

A enorme vantagem construída pelo Cruzeiro no Rio fez a partida da volta ser morna. Ainda assim, teve momentos interessantes, com os dois times soltos em campo. O Cruzeiro começou em cima do time misto do Botafogo, com muita posse de bola, sem, no entanto, criar chances claras de gol. Os cariocas, que precisavam de um caminhão de gols para se classificarem, tentavam, de forma tímida, achar espaços na defesa cruzeirense e, vez ou outra, levaram perigo a Rafael.


De tanto tentar, o Cruzeiro foi premiado com o gol. Aos 36 minutos, Arrascaeta cobrou escanteio na cabeça de Bruno Rodrigo. O zagueiro testou no cantinho, sem chances para Helton Leite. Se a vida do Botafogo já era difícil, com 1 a 0 para o Cruzeiro ficou pior ainda. O time de Jair Ventura tentou o empate ainda no primeiro tempo, mas os comandados de Mano Menezes levaram a vantagem para o intervalo.


O segundo tempo manteve o ritmo do primeiro, com o jogo lento na maior parte do tempo, e os times com alguns lampejos. Com a classificação definida, nem Cruzeiro nem Botafogo se arriscavam ou aceleravam o jogo. Alguns lances levantaram a torcida, como uma falta cobrada por Edimar na trave e uma cabeçada de Willian que passou perto, mas nada que alterasse o placar ou mudasse o rumo da classificação do Cruzeiro para as quartas de final da Copa do Brasil.


O sonho do penta segue vivo para o Cruzeiro, enquanto o Botafogo, em nono no Campeonato Brasileiro, ainda pensa em G-4 e vaga na Libertadores do ano que vem.


Fonte: GE/Por Marco Antônio Astoni/Belo Horizonte