domingo, 2 de outubro de 2016

Análise: caiu na Arena... Bota confirma química na Ilha e se candidata ao G-4



Alvinegro vence o Corinthians e tem 72% de aproveitamento no estádio no Brasileiro. Time reencontra fórmula tática com entrada de Tanque na vaga de Canales










Jogos na Arena no Brasileiro

3 x 3 Flamengo
3 x 1 Palmeiras
2 x 1 Grêmio
1 x 0 Fluminense
0 x 1 Santos
2 x 0 Corinthians


As estratégias do Botafogo de Jair Ventura variam de acordo com os adversários. As diferenças táticas ficam ainda mais nítidas quando os jogos são dentro de casa. Na Arena Botafogo, o Alvinegro encontrou a fórmula do sucesso. No Campeonato Brasileiro, desde que adotou o estádio da Ilha do Governador, seu aproveitamento subiu de 58% para 72% como mandante. A sintonia é tamanha, que a torcida já criou um ditado: "Caiu na Arena, o Botafogo depena".

É claro que, além da postura tática, tudo tem conspirado a favor. A proximidade do torcedor, o ambiente e até mesmo as condições adversas do gramado ajudaram o Alvinegro a mudar de patamar. De fadado ao rebaixamento, o Botafogo passou a ser candidato a uma vaga na Libertadores. A Arena deu química.

Corinthians foi mais uma vítima do Botafogo na Arena (Foto: André Durão)

Mesmo em casa, o Botafogo é um time que sabe como poucos explorar os contra-ataques. A equipe não se omite de atacar, tem volume de jogo, mas é desarmando e explorando a velocidade de seus jogadores que conseguiu a maioria de seus gols na Arena.

Daí, talvez, a opção de Jair por Vinícius Tanque na vitória de 2 a 0 sobre o Corinthians. Apesar da pontaria descalibrada neste sábado, o atacante sabe se posicionar para receber bolas em profundidade, em um esquema que encaixou e fez de Sassá um dos artilheiros do Brasileiro. Em termos de movimentação e posicionamento,Tanque lembra o estilo do titular, que deve retornar contra o Figueirense.

Torcida do Botafogo na Arena (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Canales, por sua vez, joga de costas para o gol e não tem as mesmas movimentação e velocidade dos concorrentes. Com o chileno como titular, o Alvinegro sofreu sua única derrota na Arena no Brasileiro, contra o Santos.

Nas próximas rodadas, o Botafogo terá a oportunidade de explorar o "fator Arena" para subir ainda mais na tabela. Após a partida contra o Figueirense, em Florianópolis, a equipe de Jair terá dois jogos na Ilha do Governador, contra Inter e Atlético-MG. São adversários de tradição, mas equipes como Palmeiras, Corinthians, Grêmio e Fluminense não resistiram à força alvinegra no estádio.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro