quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Botafogo aumenta premiação por vitória no clássico contra o Flamengo




A diretoria do Botafogo está investindo pesado para conseguir classificar o time para a próxima Copa Libertadores. Justamente por conta disso que o presidente Carlos Eduardo Pereira comunicou aos jogadores um aumento na premiação, o chamado “bicho”, em caso de um triunfo sobre o Flamengo no clássico do próximo sábado, às 17h (de Brasília), no Maracanã, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No início do Campeonato Brasileiro os jogadores dividiam o valor de R$ 120 mil por vitória. Na reta final, já com chances reais de ingressar no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, os atletas passaram a dividir R$ 150 mil. Agora, em caso de um triunfo sobre o Rubro-Negro, o valor, que não foi confirmado pelos dirigentes, gira em torno de R$ 200 mil. Restando apenas cinco jogos para o final do torneio, uma vitória no clássico será um passo considerável do Alvinegro na disputa por uma vaga na competição continental.

Os jogadores não se negaram a responder sobre o tema. O goleiro Sidão, que concedeu entrevista coletiva após o treino desta quinta-feira, em General Severiano, confirmou o bicho, mas minimizou o dinheiro. “Vai ter o bicho sim, só não sei de quanto vai ser. Mas posso dizer que nenhum jogador vai correr a mais por conta disso e sim pelo fato de ser um jogo no Maracanã, um clássico, e que pode nos colocar em um patamar muito bom dentro da competição. Não estou sendo hipócrita e dizendo que não gosto de dinheiro, não é isso. Todos gostamos. Mas não vamos correr a mais por conta disso e sim porque ganhar pode nos colocar muito perto da Libertadores”, disse Sidão.

Sidão garantiu que o elenco do Botafogo irá entrar em campo mirando a vaga na Libertadores (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Dentro de campo o elenco participou de uma atividade que não pôde ser vista pela imprensa. O atacante Rodrigo Pimpão, porém, voltou a treinar com os demais companheiros, após ser preservado na véspera por conta de desgaste muscular. Ele disputa uma vaga no ataque com Sassá. Neilton tem posto assegurado. O volante Aírton, recuperado de dores na coxa direita, e o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, livre de uma entorse no tornozelo esquerdo, também ficam à disposição. O primeiro tem retorno certo, enquanto que o segundo deve ficar como opção no banco de reservas.

Dessa maneira, um esboço de time para sábado teria: Sidão, Alemão, Emerson Santos, Joel Carli e Víctor Luís; Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Camilo; Neilton e Sassá (Rodrigo Pimpão). Nesta sexta-feira o elenco treina pela manhã e depois começa o período de concentração para o confronto com o Flamengo.


Fonte: Gazeta Press - Rio de Janeiro, RJ