quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Jefferson faz cirurgia nesta quinta e deve ficar mais seis meses sem jogar


Goleiro será operado por um médico particular e deve perder parte da Libertadores, caso o time se classifique



Jefferson está desde maio sem jogar (Foto: Vitor Silva /
 SSpress / Botafogo)
A torcida do Botafogo ainda vai demorar para ver Jefferson em ação. O goleiro passará por nova cirurgia no braço esquerdo nesta quinta-feira, em um hospital da Zona Sul do Rio de Janeiro, e a previsão de voltar a jogar é de apenas seis meses. Com isso, o atleta deve perder o Campeonato Carioca de 207 e parte da Libertadores, caso o Botafogo confirme sua vaga para o torneio continental.


Jefferson está fora desde maio, quando lesionou o tríceps do braço esquerdo e passou por uma cirurgia no local. A previsão inicial era de voltar a jogar em três meses, mas o goleiro continuou sentindo dores no local. A constatação foi de que o tendão reconstituído não cicatrizou direito, e assim ele precisará passar por novo procedimento cirúrgico.

O fato, inclusive, causou enorme mal-estar no clube, com o goleiro procurando tratamento fora do clube. Jefferson, inclusive, vai ser operado por um médico particular.


Além de ser considerada grave, a lesão é incomum. A cirurgia em maio consistiu em reconstruir o tendão retirando enxerto do joelho, de modo a prevenir que a sutura que será feita fique mais resistente aos movimentos após a recuperação.


O goleiro ficou seis semanas com o braço imobilizado com tipoia e só depois disso iniciou as sessões de fisioterapia. A previsão de voltar em agosto não se confirmou. Ele foi liberado apenas em setembro, só que, ao participar de um jogo-treino contra o Bangu, voltou a sentir incômodo no local.

Fonte: GE/Por Marcelo Baltar/Rio de Janeiro