domingo, 19 de fevereiro de 2017

Na volta do zagueiro Carli, Botafogo pega o Boavista; Sassá fica no banco


Desde ano passado se recuperando de lesão, argentino começará a partida, buscando retomar ritmo para jogar na quarta, pela Libertadores da América



Sem chances de classificação para as semifinais da Taça Guanabara, o Botafogo visita o Boavista, neste domingo, às 17h (de Brasília), apenas para cumprir tabela. Mas quem pensa que a partida perde importância por isso está muito enganado. O torcedor tem motivos de sobra para acompanhar o duelo em Bacaxá. Fora desde o ano passado, o zagueiro Carli,por exemplo, foi escalado como titular pelo técnico Jair Ventura, que ainda terá Sassá à disposição no banco.


Se a vitória não levará o clube para as semifinais da Taça Guanabara, ela pode servir para outro importante objetivo: ser um presente de aniversário ao presidente Carlos Eduardo Pereira, que completa 59 anos neste domingo.

Carli e Jair Ventura conversam durante o treinamento do Botafogo (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

De olho na partida da volta contra o Olimpia, na próxima quarta-feira, no Paraguai, Jair Ventura resolveu poupar seus titulares e só colocará em campo o goleiro Helton Leite, que vem substituindo Gatito Fernándes e precisa pegar mais ritmo de jogo.


Por falar em Libertadores, Jair terá uma boa oportunidade para ver mais uma atuação do lateral Marcinho. Sem Jonas, que recebeu o terceiro cartão amarelo, o jovem tem grandes chances de substituí-lo no confronto de quarta que definirá o clube classificado para a fase de grupos.


Sendo assim, o sistema defensivo ainda terá Igor Rabello e Gilson. O restante do time não muda muito do que o comandante vem usando nas partidas do Campeonato Carioca. O Botafogo deve entrar em campo com: Helton Leite, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, Dudu Cearense, Lindoso e Leandrinho, Guilherme e Joel.


Outra grande novidade no jogo é a volta de Sassá. Após quase um mês sem ser relacionado pelo técnico Jair Ventura, o atacante retorna neste domingo. 

Sassá volta a ser relacionado e ficará no banco de reservas diante do Boavista (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Do outro lado, o Botafogo terá um adversário bastante conhecido: o técnico Joel Santana. Dudu Cearense fala da experiência da equipe do Boavista e do carinho especial pelo treinador.


- O Joel é um pai para mim. Foi ele quem me lançou. Depois do Mário Sérgio, que já nos deixou, que foi quem me puxou da base. Eu sou grato eternamente ao Joel. Vou dar um abraço nele e minha camisa do jogo com certeza será dele. O Boavista tem jogadores experientes, respeito todos que estão lá, mas aqui no campo, eles que tem que nos respeitar. Somos o Botafogo. Será um jogo duro e que vença o melhor.


Ficha

Data: 19/02/2017
Horário: 17h (de Brasília)
Local: Moacyrzão (Bacaxá)
Trio de arbitragem: Carlos Eduardo Nunes Braga / Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Flávio Manoel da Silva

Possível escalação do Botafogo: Helton Leite, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, Dudu Cearense, Lindoso e Leandrinho, Guilherme e Joel.


Fonte: GE/Por Felippe Costa/Rio de Janeiro