terça-feira, 30 de maio de 2017

Botafogo descarta retorno de Ribamar e mira Luciano, ex-Corinthians


Prata da casa que está na Alemanha é oferecido por empréstimo, mas não empolga diretoria, que mira atacante do futebol espanhol para concorrer com Roger



A busca por um centroavante continua no Botafogo, e nomes são oferecidos por empresários a todo instante. Um deles já passou pelo clube, e há pouco tempo: Ribamar, revelação do Alvinegro no ano passado e vendido para o TSV Munique 1860, da Segunda Divisão da Alemanha, por € 2,5 milhões (aproximadamente R$ 9 milhões). O jovem de 20 anos só estreou no Europa na atual temporada, após ficar o segundo semestre de 2016 se recuperando de uma lesão na coxa esquerda, mas não se firmou: foram quatro jogos oficiais apenas e nenhum gol ainda. Disponibilizado para voltar por empréstimo, ele não empolgou a diretoria em General Severiano, que já tem um alvo definido: Luciano.



Luciano pertence ao Corinthians e tem contrato até dezembro (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)


O atacante pertence ao Corinthians e está emprestado ao Leganés, da Espanha, até dezembro, quando termina seu contrato também com o clube paulista. Os espanhóis têm até o fim de junho para exercer a prioridade de compra do jogador, de 24 anos, por € 3 milhões (cerca de 10,9 milhões), mas estima-se que os valores podem ser reduzidos devido à proximidade do fim do vínculo. A diretoria fez sondagens e têm mantido contato com representantes do atleta, que têm outros times brasileiros interessados e devem ter uma posição sobre o futuro no clube europeu até o fim desta semana. A informação do interesse foi divulgada primeiramente pelo site UOL.


Luciano não se firmou no futebol espanhol, tendo disputado 27 jogos, 12 como titular, e marcado apenas quatro gols, sendo dois sobre o Real Madrid. Porém, antes de ser negociado ele viveu fase goleadora no Corinthians, tendo estufado a rede 19 vezes entre 2014 e 2015. Em 2016 que não manteve a média e marcou só um gol em 24 partidas. Revelado pelo Atlético-GO em 2012, o jogador também tem passagem pelo Avaí, onde fez sete gols em 28 jogos em 2013. O atacante não é aquele centroavante fixo, tem mais mobilidade e é visto como um nome para concorrer com Roger pela titularidade da camisa 9.


Fonte: Por Felippe Costa, Marcelo Baltar e Thiago Lima, Rio de Janeiro