terça-feira, 16 de maio de 2017

Sassá é enquadrado por torcedores na saída do treino do Botafogo


Grupo com cerca de 20 pessoas cobra explicações do atacante e pede comprometimento do atleta. Conversa aconteceu de forma pacífica e terminou até em fotos com o jogador



Sassá foi cobrado por torcedores do Botafogo na saída do treino
 desta terça-feira (Vítor Silva-SSPress-Botafogo)
Em meio a polêmicas no Botafogo, Sassá foi cobrado por um grupo de cerca de 20 torcedores na saída do estádio Nilton Santos, após o treino na manhã desta terça-feira. Eles enquadraram o atacante, pediram comprometimento e explicações sobre seus últimos episódios de indisciplina, como fotos na noite carioca e até uma suposta mensagem de Whatsapp em que desdenha do clube, além de atrasos nos treinos. Por isso, o jogador foi até cortado da estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, no último domingo.


Do lado de fora do estádio, na saída do estacionamento, os torcedores começaram a chamar Sassá para uma conversa. Segundo relatos, os ânimos estavam exaltados no início, mas se acalmaram depois que o atacante aceitou o pedido e saiu pelo portão.


Escoltado por dois seguranças do clube, Sassá ouviu as perguntas dos torcedores e deu suas versões. Apesar de a conversa ter sido em tom de cobrança, tudo aconteceu de forma pacífica e com respeito.
 

O atacante negou que esteja faltando comprometimento de sua parte e disse que queria estar jogando. Ele também afirmou que não é dele a conversa de Whatsaap que está circulando pela internet. Para isso, o jogador alegou nem sabe usar a crase que aparece no texto.

O bate-papo terminou com apoio ao atacante. Os torcedores aplaudiram o jovem e pediram para tirar fotos com ele. A situação sobrou até para Bruno Silva, que saia com Sassá. O volante foi cobrado pela derrota contra o Grêmio, mas se justificou dizendo que foi um jogo atípico.
 

O contrato de Sassá com o Botafogo termina no fim desta temporada. No entanto, um acerto para a renovação ainda está longe de acontecer. O ambiente do atacante no clube voltou a ficar complicado depois dos últimos acontecimentos.


Fonte: Lancenet/Hugo Mirandela/Rio de Janeiro (RJ)