quarta-feira, 17 de maio de 2017

Sem treinar, Montillo desfalca o Bota na Libertadores; Sassá fica 50 min no clube


Argentino ainda trata inflamação na panturrilha e está vetado para partida desta quinta, contra o Atlético Nacional. Afastado pela diretoria, atacante faz apenas trabalho na academia






Última vez que Montillo foi visto foi caminhando em campo semana passada (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafog)



O último treino antes da partida valendo vaga nas oitavas de final da Libertadores confirmou mais dois desfalques para Jair Ventura. Além de Airton e Marcelo, suspensos, o técnico não terá ainda os retornos de Montillo e Emerson Silva, que continuaram sem ir a campo nesta quarta-feira e estão vetados para o duelo com o Atlético Nacional, da Colômbia, às 21h45 (de Brasília) desta quinta, no Nilton Santos. Sassá também está fora, mas por opção. Envolvido em polêmicas e em imbróglio para renovação de contrato, o atacante foi afastado pela diretoria e treina à parte.


Montillo não disputa uma partida oficial desde abril e segue no trabalho de fisioterapia, tratando uma inflamação na panturrilha. Já Emerson Silva está com dores no joelho após pancada. A situação de Sassá é diferente. Após uma segunda-feira turbulenta, com cobrança da torcida e rumores de saída do Botafogo, ele não treinou com o grupo, ficou no estádio por cerca de 50 minutos e saiu sem falar com ninguém. O jogador aguarda definição sobre o futuro. Cruzeiro e Palmeiras são possíveis destinos do atacante, que pode ser envolvido numa troca por Neílton.



Afastado, Sassá ficou 50 minutos treinando à parte e foi embora (Foto: Felippe Costa/GloboEsporte.com)


O Botafogo tem sete pontos no Grupo 1 da Libertadores e joga pela vitória contra os colombianos para garantir a vaga antecipada às oitavas de final, mas também pode se classificar com um empate, desde que o Estudiantes não ganhe do Barcelona de Guayaquil no Equador. Na última rodada, o Alvinegro encara o Estudiantes, na Argentina.


Fonte: GE/Por Felippe Costa, Rio de Janeiro