segunda-feira, 19 de junho de 2017

Na volta ao Rio, Botafogo ganha novas opções em semana de clássico


Leandrinho e Camilo devem ser relacionados contra o Vasco na quarta-feira, enquanto Marcos Vinícius e Jefferson adquirem ritmo e estão próximos de ficar à disposição de Jair Ventura






Leandrinho e Camilo devem voltar contra o Vasco. Jefferson e Marcos Vinícius estão próximos (Foto: Divulgação)

O Botafogo passou com louvor pela sequência de dois jogos fora de casa. Com quatro pontos na bagagem, o time retorna ao Rio de Janeiro na tarde desta segunda-feira após empatar com o Vitória em Salvador e vencer a Chapecoense em Chapecó. O momento, agora, é de mostrar força em seu próprio estádio. Os dois próximos confrontos, com Vasco e Avaí, serão no Nilton Santos. E enquanto espera reforços da diretoria (o atacante Aylon, que está emprestado pelo Internacional ao Goiás, é quem está mais perto), Jair Ventura vai ganhar opções dentro do elenco para as próximas partidas.


Muito provavelmente Leandrinho e Camilo estarão à disposição da comissão técnica contra o Vasco, na quarta-feira. Desfalque desde o Campeonato Carioca, o primeiro está liberado pela preparação física. Fora há quase três semanas, Camilo voltou a treinar com bola na última quarta e também deve ser relacionado. Jair, no entanto, adotou cautela quanto ao aproveitamento de seu camisa 10 após a vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense (veja os lances no vídeo abaixo).


Melhores momentos de Chapecoense 0 x 2 Botafogo pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro


Quem também está próximo de ganhar chance é Marcos Vínicius. O meia, contratado na troca que mandou Sassá para o Cruzeiro, chegou ao clube já recuperado da lesão que tinha na coxa esquerda. Porém, estava sem ritmo pelo longo tempo de inatividade, por isso passou os últimos dias pegando pesado nos trabalhos físicos com os preparadores. Nesta semana, além de ser apresentado oficialmente e regularizado, ele será liberado para treinar com bola.



E há ainda a expectativa quanto a Jefferson. Liberado há duas semanas pelo departamento médico, o goleiro vem treinando normalmente com o grupo. No entanto, a comissão técnica de Jair Ventura aguarda o "ok" do próprio jogador para escalá-lo. Ele já disputou dois jogos-treino para pegar ritmo, contra Santa Cruz-RJ e Bangu, mas acabou sendo pouco exigido nas atividades. Mesmo que retorne, porém, dificilmente Gatito, vivendo grande fase, deixará a equipe neste momento.


Antes cheio, o departamento médico vai ficando vazio. Do trio que rompeu o ligamento do joelho e passou por cirurgia, Gustavo Bochecha é quem está mais perto de voltar. Ele já vem fazendo a transição em campo e até agosto já deve estar à disposição. Jonas e Marcinho, por outro lado, ainda estão na etapa de fisioterapia e têm previsões para setembro e outubro, respectivamente. Airton, que fraturou a fíbula e também foi operado, vive expectativa de voltar em três meses. E Luis Ricardo, há quase um ano parado após quebrar o pé, já treina com o grupo, mas sem previsão.


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima, Rio de Janeiro