sábado, 8 de julho de 2017

Em alta no Botafogo, Matheus Fernandes é monitorado por agente do Barcelona


Família do volante foi procurada por olheiro do time catalão, que mantém conversas com advogado e representante do jovem de 19 anos. Alvinegro já elevou multa da joia para R$ 131 milhões





Após lesão, Matheus Fernandes voltou ao time contra o Nacional-URU (Foto: AP Photo/Andres Cuenca)

Não é só de Montillo que Matheus Fernandes chamou a atenção fora do Botafogo. Em alta no clube e admirado pelo técnico Jair Ventura, o jovem de 19 anos vem sendo monitorado pelo Barcelona, da Espanha, como noticiado pelo jornal "Lance!". As sondagens começaram no fim do ano passado, logo após o volante conquistar o inédito título do Campeonato Brasileiro Sub-20 com a camisa alvinegra.


Na época, Seu Reinaldo, pai da joia, foi procurado por um olheiro do clube catalão, que o monitorou também na seleção sub-20 no quadrangular realizado em outubro no Chile. As conversas ainda continuam através de Felippe Oliveira, advogado do garoto. Segundo o representante, por enquanto não há proposta, só perspectiva de futuro.


– Veio um agente chamado Pep Boada, conversou com o pai do Matheus e apresentou um projeto para o garoto jogar pelo Barcelona B, depois passar ao time principal. Esboçaram uma proposta, mas ela não chegou a ser efetivada até o momento. No início do ano continuamos conversando para ver se o Barça estava disposto a realizar a compra, mas o Matheus tinha acabado de subir para o profissional, queria muito jogar pelo Botafogo, Jair já tinha avisado que iria usá-lo. Mas ficou esse namoro. Agora fizemos alguns contatos, eles resolveram esperar um pouco mais. Com a abertura da janela, não sei como está a perspectiva deles, mas é um jogador pré-aprovado, que eles gostam.


A reportagem entrou em contato com Manoel Renha, diretor da base do Botafogo e responsável pelos jogadores recém-promovidos da base. O dirigente disse que chegou a ser procurado por um outro agente brasileiro que alegou ser representante do Barcelona, mas não apresentou provas. Ele vê as sondagens como normais diante do sucesso do jovem, mas diz que o clube está respaldado por contrato.


Quando renovou com o volante até o fim de 2020, a diretoria colocou cláusulas com gatilhos de produtividade que aumentam o salário e a multa rescisória do garoto, que atualmente está em R$ 100 milhões para o Brasil e U$ 40 mi (cerca de R$ 131 milhões) para o exterior.


– Há uns três, quatro meses, veio uma pessoa dizendo que tinha contato com Barcelona, falando em valores, mas que eram muitos baixos. Nem carta de representação ele tinha. Nossa resposta foi que era muito prematuro, não tinha interesse de fazer negociação. A maioria desses caras não é confiável, chega para pegar o preço e levar lá para fora. Pelo perfil e potencial, a gente imagina que estejam monitorando ele sim, mas nunca veio nada oficial de nenhum clube por ele até o momento – explicou Renha.



Lista de metas feita por Matheus no ano passado: atingiu quase todas (Foto: infoesporte)

Apesar de não descartar a oportunidade, Oliveira acredita que o Barcelona não fará nenhuma proposta na atual janela do futebol europeu porque sabe que não será fácil tirar o volante do Botafogo, ainda mais em meio à fase final da Libertadores e Copa do Brasil. Mas o projeto apresentado pelo olheiro, pensando no futuro, agradou à família de Matheus Fernandes.


– Como no momento ele é titular, vem sendo utilizado, o Botafogo tem um elenco enxuto, essa coisa toda, não é fácil tirar o jogador. Vai comprometer até a temporada do clube. Agora talvez não seja o momento, mas é um projeto que a gente vislumbra como interessante, por isso as razões em manter as conversas – observou o advogado.


Com apenas 19 anos, Matheus Fernandes têm 21 jogos pelo profissional do Botafogo, sendo 20 deles nos últimos seis meses. Considerado um exímio ladrão de bolas, virou peça chave no meio de campo marcador de Jair Ventura e o maior ativos do clube no momento.


Fonte: GE/Por Felippe Costa, Marcelo Baltar e Thiago Lima, Rio de Janeiro