quarta-feira, 30 de agosto de 2017

O ala de 33 km/h: fã de Velozes e Furiosos, Arnaldo brilha com arrancadas no Bota


Lateral-direito alia força e agilidade para virar o motorzinho do time e ganhar a disputa com Luis Ricardo pela titularidade. Última arrancada gerou o gol da vitória sobre o Bahia na Fonte Nova







Que Bruno Silva foi o autor do gol da última vitória do Botafogo, por 2 a 1 sobre o Bahia, isso todo alvinegro sabe. Que Pimpão foi o garçom do time domingo, na Fonte Nova, isso também não é novidade para ninguém. Mas o que pouca gente reparou na jogada é que ela só foi possível graças a Arnaldo. Foi o lateral-direito quem roubou a bola no campo de defesa, arrancou até o ataque e proporcionou todo o desfecho (repare no vídeo abaixo).




Arnaldo puxa contra-ataque, Pimpão cruza, e Bruno Silva marcar aos 46 do 2º tempo


– Me sinto feliz, não só pela minha atuação no jogo, mas pelos três pontos que foram importantes. Colocamos nosso ritmo, mesmo jogando fora de casa. Eu acho que a gente mostrou nosso futebol. Temos que manter esse nível para os próximos jogos. Agora é voltar ainda melhor – comemorou o ala na volta ao Rio de Janeiro, na última segunda-feira.


Mas aquela arrancada não foi a única, isso só os mais atentos e de boa memória vão lembrar. Logo nos seus primeiros jogos, no empate por 0 a 0 com o Flamengo no Raulino de Oliveira, Arnaldo fez fila e criou uma ótima chance para Roger, que parou em Muralha (veja no vídeo abaixo).





No contra-ataque, Roger chuta forte, e Muralha faz a defesa, aos 9' do 1º tempo


Já na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio no Nilton Santos, o ala só não entrou com bola e tudo porque Paulo Victor não deixou. Ele tabelou com Brenner, fez a infiltração no meio de cinco marcadores e quase marcou um gol de placa, não fosse pelo goleiro (veja no vídeo abaixo).



Arnaldo arranca, mas Paulo Victor sai do gol para defender, aos 18' do 2º Tempo


Fã de Velozes e Furiosos – com direito à foto no cartaz do filme em suas redes sociais –, o lateral-direito não chega a ser um desses carros de cinema, mas aos 25 anos alia força e agilidade para ter explosão e ser o motorzinho desse time do Botafogo. Saem Vin Diesel e os efeitos especiais de Hollywood, ficam Arnaldo e sua velocidade na "versão brasileira" de General Severiano.


O ala já chegou a atingir aproximadamente 33 km/h quando jogava no Ituano, segundo aferição do próprio clube. Marca que o colocaria em pé de igualdade com o craque português Cristiano Ronaldo, de acordo com estudo do Pachuca, do México, avalizado pela Fifa. O mesmo levantamento aponta o galês Gareth Bale, com 36,9 km/h, como o jogador mais rápido do mundo.



Arnaldo é um dos jogadores mais rápidos do Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)


Após se destacar com números mais defensivos em seus primeiros jogos, Arnaldo aos poucos parece ir se soltando e mostrando sua vocação ofensiva que lhe foi característica nos clubes onde passou. Ainda em busca de seus primeiro gol, o ala tem 17 partidas e uma assistência com a camisa alvinegra. Rendimento que o credenciou à vaga de titular na disputa com o experiente Luis Ricardo.


Fonte: GE/Por Felippe Costa e Thiago Lima, Rio de Janeiro