quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Jobson rebate Mancini: "Ninguém teve coragem de pegar essa picanha"


Atacante nega ser irresponsável e diz que voltará a bater pênalti caso haja outro para o Botafogo nos próximos jogos



Jobson lamenta pênalti perdido (Foto: Buda Mendes / Getty Images)
O atacante Jobson não concordou com o técnico Vagner Mancini, que o tratou como irresponsável por ter batido o pênalti marcado para o Botafogo na derrota por 1 a 0 para o Figueirense. Afirmou que foi o único candidato à cobrança, apesar de Mancini ter selecionado Murilo para fazê-la.

- Eu não me arrependo, peguei a bola para bater e ninguém teve coragem de pegar uma picanha dessas, desculpem o termo. Não sou irresponsável, não me acho isso. Jogo lesionado para ajudar o Botafogo, todo mundo saber o grau da minha lesão. Contra o Fluminense todos perceberam, ninguém é burro e estou me curando. Irresponsável eu não sou, não - afirmou, referindo-se ao problema na coxa.

Jobson pediu desculpas à torcida alvinegra e prometeu bater novamente caso o Botafogo tenha um pênalti marcado para si nos próximos jogos.

- Não estou muito bem da cabeça, não consegui nem dormir e assumo a responsabilidade. Peço desculpas ao meu torcedor e aos meus companheiros. Se tiver outro pênalti para bater, eu pego e bato de novo. Tenho personalidade para isso. Estou ali para acertar e errar também.


Por Marcelo BaroneRio de Janeiro