sábado, 27 de dezembro de 2014

Após quase acertar com o Palmeiras, Daniel assina contrato com São Paulo


Meia-atacante, ex-Botafogo, ficará por três temporadas no Tricolor, mas tem de se recuperar de lesão no joelho. No início da semana, problema impediu acordo com rival



Depois de ser reprovado nos exames médicos no Palmeiras, no início desta semana, o atacante Daniel, ex-Botafogo, vai defender outro clube paulista. O jogador, de 20 anos, foi anunciado neste sábado pela manhã como reforço do São Paulo. O contrato dele com o Tricolor tem validade por três temporadas. 

Daniel ao lado do gerente de futebol do Tricolor, Gustavo Vieira de Oliveira (Foto: Site Oficial do São Paulo)
- Estou muito feliz e orgulhoso por fazer parte do São Paulo agora. Espero construir uma história bonita aqui e conquistar títulos. Sofri uma lesão no joelho, mas saber que poderei contar com o Reffis e seus competentes profissionais foi fundamental para vestir a camisa do clube. Sei que aqui terei as melhores condições para voltar a jogar - afirmou Daniel ao site do São Paulo.

Ele tem uma lesão no ligamento cruzado do joelho direito e precisará de um período de tratamento para poder ser utilizado pelo técnico Muricy Ramalho. Daniel se encaixa em um pedido feito pelo treinador à diretoria. Ele queria um meio-campista para ajudar na criação das jogadas e um atacante de velocidade.

- Na base, sempre joguei como um meia armador. Mas, no Botafogo, ganhei mais destaque como atacante de velocidade. Então, seja no meio de campo ou mais na frente, estou à disposição para atuar em qualquer posição. Antes disso, porém, vou manter o foco na minha recuperação para poder voltar bem - ressaltou.

O meia-atacante esteve muito perto de ser contratado pelo rival Palmeiras nesta semana, mas o problema no joelho impediu o acordo. Os resultados dos exames realizados na última terça-feira, na capital paulista, não foram satisfatórios. Com isso, o corpo clínico do clube aconselhou os dirigentes a não assinarem contrato.

Daniel começou o ano como titular do Botafogo e se lesionou no seu melhor momento da temporada. O meia rescindiu seu vínculo válido até 2017 com o Botafogo após conseguir uma liminar, alegando atraso no pagamento de salários e depósitos de FGTS.

O jogador se apresentará no CT Barra Funda no dia 5 de janeiro. Ao lado de Rodrigo Caio, Lucão e Breno, ele iniciará o processo de recuperação antes mesmo da reapresentação do elenco, marcada para dia 8.

Por GloboEsporte.comSão Paulo