sábado, 13 de dezembro de 2014

René Simões assume o comando do Botafogo




Diretoria decide apostar na experiência do treinador para revelar jogadores


René assume o BotafogoFoto: Divulgação

Rio - René Simões é o novo técnico do Botafogo. O martelo foi batido na tarde de ontem em uma reunião com a cúpula alvinegra. O clube só não fez o anúncio oficial pois o contrato ainda não foi assinado o que deve acontecer nos próximos dias. Pesou na escolha o fato de o treinador ter muita experiência na revelação de jogadores, demonstrada na passagem pelas seleções brasileiras de base no início da carreira e como gestor das categorias inferiores no São Paulo em 2012.


Com as receitas bloqueadas pela Justiça, o Glorisoso não tem cacife para apostar alto e René foi escolhido por não ter um alto salário. Nos últimos anos, ele trocou a prancheta pela função de gestor sem muito sucesso, como na passagem pelo Vasco. Contratado no fim de 2012, ele permaneceu poucos meses no cargo e acabou demitido no início de 2013 após desentendimento com Felipe.

No mesmo ano, René retomou a carreira de técnico e assumiu o Atlético-GO. A fraca campanha no Brasileirão fez com que ele pedisse demissão antes de o clube ser rebaixado para a Série B.

Aos 61 anos, o técnico tem como maiores destaques de sua carreira a classificação da Jamaica para a Copa do Mundo de 98 e a prata na Olimpíada de Sidney, em 2000, com a Seleção feminina.

René é o único técnico que participou de competições da Fifa tanto com seleções masculinas quanto femininas, mas desde 2007 ele não consegue resultados expressivos.

Neste ano, por sinal, ele comandou a volta do Coritiba à elite do futebol brasileiro com o título da Série B. Um desafio semelhante ao que o Botafogo viverá no próximo ano. O sucesso com o time paranense resultou até em um livro escrito pelo treinador com o nome de “Do Caos ao Topo: Uma Odisseia Coxa-Branca”.

FABIO FALCÃO CAZES/O DIA