sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Sem Daniel, Palmeiras acerta empréstimo com Gabriel, ex-Botafogo


Após rescindir com clube carioca por meio de ação na Justiça, volante vinculado ao Monte Azul assina contrato com o Verdão. Atleta foi indicado por Oswaldo de Oliveira



Gabriel, ex-Botafogo, jogará no Palmeiras em
 2015 (Foto: Fred Huber)
O Palmeiras acertou mais um reforço para 2015: o volante Gabriel, ex-Botafogo. O jogador rescindiu com o clube carioca por meio de uma ação na Justiça, na qual alegava atrasos de salário e FGTS, e assinou contrato por empréstimo de dois anos com o Verdão. Ele está vinculado ao Monte Azul, time da Série A 2 do Paulistão, e o Alviverde terá a opção de compra do atleta. A única pendência é a realização dos exames médicos.

No Botafogo, Gabriel foi promovido ao elenco profissional em 2012 por Oswaldo de Oliveira, agora técnico do Verdão. Por isso, ele chega ao clube com o aval do treinador. Aos 22 anos, o atleta natural de Campinas somou 123 jogos e dois gols no time carioca.

Coincidentemente, o Palmeiras também ficou perto de acertar com Daniel, outro jogador ex-Botafogo nessa semana. Assim como Gabriel, ele também rescindiu seu contrato unilateralmente com o clube carioca por atraso no pagamento de salários e FGTS. O problema é que o meia tem uma lesão grave no ligamento cruzado do joelho direito e não foi aprovado nos exames médicos do Verdão.

A decisão favorável a Gabriel contra o Botafogo foi vencida em primeira instância na Justiça. Juridicamente o clube ainda poderia recorrer, mas o estafe do jogador tem certeza de que não será possível reverter o caso. Isso porque o Bota teria de comprovar que pagou um dos três meses de salários e FGTS atrasados antes da existência da ação do atleta.

Com Gabriel, o Alviverde assegura o sétimo reforço da temporada. Além dele, o meia e lateral Zé Roberto (ex-Grêmio), o atacante Leandro (ex-Chapecoense), os volantes Amaral (ex-Goiás) e Andrei Girotto (ex-América-MG), o lateral-direito Lucas (outro ex-Botafogo, que também rescindiu com o Bota na Justiça) e o zagueiro Vitor Hugo (ex-América-MG) também acertaram.

Por Marcelo Hazan São Paulo