domingo, 8 de março de 2015

Flu vence o Bota de virada no Maraca


Alvinegro abre o placar com Jobson no 1º tempo, mas Kenedy e Gerson fazem os seus e garantem a vitória, de virada, do Tricolor. Fred, o carrasco, também marca



Não tem para ninguém. No novo Maracanã, quem manda é Fred. À frente de 24.891 torcedores (21.795 pagantes, renda de R$ 694.640,00), o atacante do Fluminense marcou neste domingo na vitória por 3 a 1 sobre o Botafogo e assumiu a liderança isolada na lista de artilheiros do estádio. Agora, tem 21 gols, contra 20 de Hernane, ex-Flamengo. Contra o Botafogo, também, só quem manda é ele. O Alvinegro é seu maior carrasco. Soma, hoje, 17 gols em 11 confrontos.

No clássico Vovô, o Botafogo saiu na frente com Jobson no primeiro tempo, mas acabou sofrendo a virada. Além de Fred, autor do terceiro, os garotos Kenedy, de 19 anos, e Gerson, de 17, fizeram os seus.

Com a vitória, o Fluminense soma agora 18 pontos, mas permanece na terceira colocação. O Botafogo, por sua vez, perdeu a primeira posição do Carioca para o Vasco, que venceu mais cedo e soma 20 pontos, um ponto a mais que o Alvinegro, que tem 19.

Os garotos Kenedy e Gerson marcaram pelo Fluminense (Foto: Alexandre Cassiano / Ag. O Globo)

Na próxima rodada, o Botafogo enfrente o Tigres no Engenhão, às 19h30 (de Brasília), de quarta-feira. O Fluminense, por sua vez, duela na quinta, contra o Bonsucesso, no Maracanã, às 21h.


Primeiro tempo de gols e confusão

Como é de praxe em clássicos, o duelo entre Flu e Bota começou morno, com as equipes trocando passes, se estudando. Jefferson, é verdade, precisou fazer uma bonita defesa logo aos 9 minutos, em chute de primeira de Fred. Depois, aos 22, com finalização rasteira de Jean.

O Flu era melhor, mas quem abriu o placar foi o Botafogo. Aos 29, Gilberto faz boa jogada com Bill, que invade a área e toca para Jobson, absolutamente sozinho na frente do gol. Foi preciso apenas dar um toquinho para ela entrar. Na comemoração, uma cópia de Cristiano Ronaldo: "Eu estou aqui". Não demorou muito para o Tricolor empatar. Sete minutos depois, aos 36, a bola sobra para Kenedy, sozinho, sem marcação, após furada de Wagner, e o jovem atacante bate cruzado, sem chance para Jefferson.

Com muitas faltas - 24, ao total -, o primeiro tempo ainda ficou marcado por confusão ao apito final. Willian Arão e Fred discutiram feio, houve troca de empurrões e reclamações.

Fluminense vence, de virada, o Botafogo por 3 a 1 neste domingo,
 no Maracanã (Foto: Marcio Alves / Agência O Globo)
Segundo tempo de virada tricolor

O segundo tempo voltou como começou o primeiro, mais calmo, porém, com mais chegadas ofensivas. Logo aos 8 minutos, o assistente Luiz Antônio Muniz de Oliveira errou ao assinalar impedimento inexistente de Bill, que ainda chega a finalizar, para defesa de Diego Cavalieri. Mas era a estrela de Gerson que estava pronta para brilhar. Com a apresentação de "diamante" por parte de Fred no fim da semana, o garoto de 17 anos marcou seu primeiro gol como profissional. Após chutão da defesa, aos 25 minutos, Fred deixa a bola passar. Ela sobra a Gerson, que ganha na corrida de Marcelo Mattos e chuta cruzado para vencer Jefferson.

Faltava ainda o dele, o de Fred, o maior carrasco do Alvinegro. Lançado, invadiu a área e, na saída de Jefferson, marcou o seu aos 38 minutos. Com isso, soma agora 17 gols e 11 confrontos com o Botafogo. Assumiu também a marca de maior artilheiro do novo Maracanã. Com 21 gols, ultrapassou Hernane, ex-jogador do Flamengo, que tem 20. E ainda recuperou seu posto de artilheiro do Carioca, agora empatado com Marcelo Cirino, do Flamengo, ambos com 6 gols.

Teve tempo ainda para Marcelo Mattos ser expulso e Jefferson fazer outra importante defesa antes do árbitro encerrar a partida e decretar a 128ª vitória do Tricolor sobre o Alvinegro na história.

Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro/GE