segunda-feira, 9 de março de 2015

René admite que Botafogo não soube jogar com o favoritismo contra o Flu


Técnico critica troca de passes do time, mas espera que derrota faça com que elenco cresça na adversidade



Renê Simões criticou a troca de passes da equipe
(Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)
Invicto até o jogo de domingo, o Botafogo era, teoricamente, o favorito para o clássico. E isso pesou na partida. Pelo menos foi o que deu a entender o técnico René Simões, em entrevista coletiva após a derrota por 3 a 1, no Maracanã. O treinador lembrou que já ressaltava, ainda na sexta-feira, que o adversário poderia entrar mordido e o Glorioso apático. Para ele, esse foi um fator importante no confronto.

– Essa semana toda falei que estava muito preocupado. Começaram a colocar o favoritismo para o Botafogo e isso me preocupou. Às vezes, isso não cai bem para um time novo. Fiquei muito preocupado mesmo e vimos isso hoje (domingo). Tentei acabar com esse favoritismo. Pegamos um Fluminense mordido, precisando de resposta para o treinador deles. Foi um time diferente, jogou bola e jogou muito bem – afirmou o treinador, analisando também a péssima participação do Botafogo na troca de passes no meio de campo:

– O passe foi fundamental hoje (domingo). Roubamos a bola, fechamos os lados, puxamos um pouco o Bill e aí fizemos 1 a 0. Eles empataram com méritos, mas a partir daí sempre que a gente roubava a bola, dava o passe errado. Impressionante. Nosso passe foi tão ruim que tivemos vários impedimentos e acho que o Fluminense não teve nenhum. Tivemos quatro ou cinco. Nosso tempo do passe estava ruim. Foi isso que aconteceu. Não foi uma boa partida.


Leia mais no LANCENET!