segunda-feira, 13 de abril de 2015

Sem tempo para lamentar, Bota esquece Flu e foca na Copa do Brasil


Antes do jogo contra o Tricolor que decidirá uma vaga na decisão do Campeonato Carioca, Alvinegro enfrenta o xará paraibano, na quarta-feira, de olho na próxima fase




Tempo é um artigo de luxo no futebol brasileiro. Com um calendário apertado, o Botafogo, que não pôde celebrar a conquistar da Taça Guanabara na semana passada, é o mesmo que não tem tempo para lamentar a derrota para o Fluminense. Afinal, o Alvinegro tem um compromisso importante, nesta quarta, pela Copa do Brasil, diante do Botafogo-PB. Em jogo, uma vaga na próxima fase.

- Temos que esquecer, por ora, o Campeonato Carioca e focar no próximo jogo, contra o Botafogo-PB. Precisamos avançar na Copa do Brasil. Já conversamos sobre o jogo e já temos ideia do que vamos fazer. Precisamos ter concentração total nesse jogo para passarmos de fase – alertou o volante Willian Arão.
Bota tenta esquecer derrota para o Fluminense na primeira semifinal do Campeonato Carioca (Foto: André Durão)
Com a derrota por 2 a 1 para o Fluminense, o Botafogo perdeu a vantagem de jogar por dois empates e precisa vencer o Tricolor, no próximo sábado, por dois gols de diferença, para avançar à decisão do Campeonato Carioca. Uma vitória simples levará a disputa para os pênaltis. É difícil esquecer o Fluminense no momento, mas o Alvinegro tem um jogo perigoso pela frente e uma derrota contra o xará paraibano, por exemplo, elimina o time carioca da competição.

- Não chega a ser em um momento inoportuno, mas temos que ganhar. Todos falam nesse negócio de trocar o chip, mas na verdade não há um chip. Precisamos do resultado na quarta para nos classificarmos. Temos que entrar e ganhar contra o Botafogo-PB. Estamos preparados – concluiu Arão.

Botafogo treino na manhã desta segunda-feira, no Engenhão, de olho no jogo da Copa do Brasil (Foto: Marcelo Baltar)
Na primeira partida, há duas semanas, o Botafogo empatou por 2 a 2 com o Botafogo-PB, em João Pessoa. O Alvinegro avança para a próxima fase com qualquer vitória ou empates por 0 a 0 ou 1 a 1. Caso o resultado da primeira partida se repita, a vaga será decidida nos pênaltis.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE