quarta-feira, 8 de abril de 2015

União e entrega: Bota aponta virtudes responsáveis por boa campanha


René afirma que nunca trabalhou em um grupo tão comprometido, e Renan Fonseca crê que qualidades serão determinantes: "É isso que faz um time ser campeão"




O Botafogo não depende das próprias pernas para conquistar a Taça Guanabara, mas o fato de chegar à última rodada com chances reais de título é algo a se comemorar. Rebaixado para a Série B do Brasileiro em 2014 e com um elenco reformulado sem contratações badaladas, o time era uma incógnita e apontado por muitos como a quarta força do Campeonato Carioca. 

René Simões: "Nunca trabalhei em um elenco como esse" (Foto: Vitor Silva / SSpress)

Ao menos no cenário estadual, o Botafogo deixou para trás as desconfianças e mostrou, desde o início do estadual, que a competição não seria somente um laboratório para a Série B. Mais do que ser o único clube a não sair do G-4, o time comandado por René Simões jamais terminou uma rodada abaixo da segunda colocação.

- É claro que sonhávamos com a classificação. Mas nunca imaginaria que o Botafogo seria a primeira equipe classificada e a única a se manter no G-4 durante todo o tempo. Estivemos sempre em primeiro ou segundo... Nunca trabalhei com um elenco como esse. Todos estão focados e comprometidos com o projeto – elogiou René.

Renan Fonseca crê que comprometimento e bom
 ambiente farão a diferença no momento decisivo
(Foto: Vitor Silva / SSpress)
O treinador tem razão ao apontar o comprometimento como um dos motivos do sucesso na Taça Guanabara. A maioria dos 13 reforços contratados chegou de times de menor expressão ou estava sem espaço em clubes maiores. Para eles, jogar no Botafogo é visto como uma grande oportunidade, especialmente pela visibilidade. René soube vender bem seu projeto, e os atletas compraram a ideia.

- O René conseguiu nos unir. Quem ficou no Botafogo foi gente de caráter, como o Jefferson e o Marcelo Mattos. São pessoas esclarecidas com amor pelo clube. E quem chegou veio para crescer profissionalmente. Internamente sempre acreditamos no trabalho que está sendo feito. Todos aqui chegaram para fazer historia e está dando certo. Estamos no caminho certo. O René está sabendo levar muito bem o grupo. Deu liga. Os trabalhos técnico, tático e humano... Tudo está sendo legal. Temos o prazer de trabalhar e treinar. Isso está fazendo a diferença – enalteceu Renan Fonseca.

Números comprovam sucesso

O futebol hoje em dia está muito equilibrado. O que faz a diferença é um time guerreiro e unido. É isso que faz um time ser campeão
Renan Fonseca

Os números jogam a favor e comprovam a boa campanha. Em 14 jogos, o Botafogo venceu 10 e tem um aproveitamento de 78,6%. O time de René ainda tem, ao lado do Flamengo, a melhor defesa do Carioca (nove gols sofridos), e o segundo ataque mais efetivo. Foram 30 gols marcados, apenas um a menos do que o Rubro-Negro.

- Os nossos números são excelentes. Somos uma equipe guerreira. Isso faz a diferença. Encaramos todos os jogos como uma final. Todos marcam, todos brigam. Isso é fundamental. O futebol hoje em dia está muito equilibrado. O que faz a diferença é um time guerreiro e unido. É isso que faz um time ser campeão – concluiu Renan Fonseca.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE